Autoridades no Havai contabilizam 82 estruturas destruídas por erupção do Kilauea

Autoridades no Havai contabilizam 82 estruturas destruídas por erupção do Kilauea

As autoridades oficiais do Havai contabilizaram já 82 estruturas destruídas nas Ilha Grande pela entrada em erupção do vulcão Kilauea a 03 de maio

Honolulu, 26 mai (Lusa) — As autoridades oficiais do Havai contabilizaram já 82 estruturas destruídas nas Ilha Grande pela erupção do vulcão Kilauea.


Wil Okabe, responsável pela gestão administrativa no Havai, contou à Associated Press que este número inclui cerca de 34 habitações.


Segundo Wil Okabe, as autoridades usaram os registos de propriedades para determinar quais são habitações.


Os fuzileiros dos Estados Unidos anunciaram hoje que vão enviar dois helicópteros com elevada capacidade de transporte para a Ilha Grande do Havai, para o caso de uma erupção vulcânica obrigar à retirada de pessoas.


O vulcão Kilauea entrou em erupção há três semanas, obrigando já à retirada de cerca de duas mil pessoas de zonas onde a lava começou a ser expelida por fissuras no solo.


Ao nível do turismo, uma das maiores indústrias locais, a ilha já perdeu três milhões de euros correspondentes aos meses de maio, junho e julho, com a grande maioria dos cruzeiros a cancelar os seus planos por causa da erupção.


O vulcão Kilauea situa-se no sudeste da Grande Ilha do Havai, onde vivem cerca de 185 mil pessoas. Entrou em erupção em 03 de maio e desde então já foram registadas mais de 20 fissuras que estão a expelir lava


O Kilauea, a 1.200 metros de altitude, é um dos mais ativos no mundo e um dos cinco existentes naquele arquipélago norte-americano.


Uma erupção em 1924 matou uma pessoa e projetou pedaços de rocha, cinza e poeira no ar durante 17 dias.




LIL (AJO) // LIL

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS