Aumenta a popularidades das mulheres que dizem ser melhores mães por fumarem canábis

São conhecidas como Ganja Girls e são mulheres que não escondem fumar canábis e que defendem até ser melhores mães por causa disso.

Aumenta a popularidades das mulheres que dizem ser melhores mães por fumarem canábis

São conhecidas como Ganja Girls e são mulheres que não escondem fumar canábis e que defendem até ser melhores mães por causa disso.

São conhecidas como Ganja Girls e têm vindo a ver a sua popularidade aumentar a uma grande velocidade. O que define estas mulheres é o facto de serem mães e consumidoras assumidas de canábis. Sendo que vários dos rostos desta espécie de movimento defendem mesmo que o facto de consumires esta substância faz com que sejam melhores mães.

Falta de vitamina D diminui desejo sexual
A exposição solar é uma das principais fontes de vitamina D (… continue a ler aqui)

Aos factos descritos juntam-se outros detalhes, que são comuns a muitas mulheres. Como a partilha de fotos mais ousadas com roupas curtas e de imagens em que se mostram sob o efeito da droga. As Ganja Girls são ainda vistas como mulheres que são completamente abertas em relação aos hábitos de consumo de canábis, algo que não escondem dos filhos. Sendo que também destacam que a substância é uma ajuda em dias mais difíceis.

É remédio e quero que os meus filhos conheçam opções mais naturais”

O Daily Star destaca Caitlin Fladager como uma das Ganja Girls mais populares. Esta jovem mãe consumidora de canábis vive em Vancouver, no Canadá, onde a droga está legalizada. Com mais de 600 mil seguidores no Instagram, é nesta rede social que vai partilhando detalhes sobre a vida de mãe. Não ficando nada incomodada com os comentários negativos que recebe de muitos haters.

Caitlin Fladager não esconde que gosta de fumar canábis enquanto trata dos dois filhos pequenos. “É remédio e quero que os meus filhos conheçam opções mais naturais. Quero ser sempre aberta com eles e reduzir o estigma que a canábis tem”, diz num dos muitos vídeos partilhados. “Nunca escondi dos meus filhos que bebo vinho. Então também não vou esconder a canábis. Eles conhecem-na como ‘a ajuda da mamã’ nos dias difíceis”, conclui.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: Reprodução Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS