Ataca marido com vinte facadas e mata-o com machado

“Ele era doente renal, fazia hemodiálise e ela andava sempre muito preocupada com ele. Eram muito amigos”, contou uma vizinha.

Ataca marido com vinte facadas e mata-o com machado

Ataca marido com vinte facadas e mata-o com machado

“Ele era doente renal, fazia hemodiálise e ela andava sempre muito preocupada com ele. Eram muito amigos”, contou uma vizinha.

Com cerca de vinte facadas, Ana Vieira de 53 anos, matou o marido, Manuel Vieira, de 57, na casa onde ambos viviam, na Murtosa. O crime aconteceu nesta quinta-feira, 20 de maio, por volta das 23h30. A homicida, mariscadora de profissão, alegou às autoridades não se recordar de nada.

O casal era conhecido pela vizinhança por se dar bem e também pela pacatez que os caracterizava. Não há qualquer registo de queixas por violência doméstica. “Ele era doente renal, fazia hemodiálise e ela andava sempre muito preocupada com ele. Eram muito amigos“, contou uma vizinha ao Jornal de Notícias.

Ambos eram mariscadores na ria de Aveiro, apesar de, fruto dos problemas de saúde do homem, este já não trabalhar. Ao que tudo indica, Ana atravessa um quadro de depressão. Por motivos ainda desconhecidos da PJ de Aveiro, a mulher pegou numa faca de cozinha e desferiu vários golpes no marido. Além disso, ainda foi buscar um machado para concluir – com extrema violência – o ataque.

Casal tem dois filhos

O homem não resistiu aos ferimentos, acabando por morrer ainda no local. “Ela depois saiu de casa, pegou no carro e foi a casa de uns familiares e contou o que tinha acontecido”, acrescentou a mesma testemunha. Assim que a GNR chegou ao local, encontrou o corpo de Manuel já sem vida e com uma faca ao lado. A PJ acabou por tomar conta da ocorrência e esteve na casa a recolher indícios e a entrevistar os moradores.

De acordo com o mesmo jornal, Ana alegou não se recordar do sucedido, não apresentado móbil para o crime. Foi internada na Psiquiatria do Hospital de Aveiro e apresentava também alguns cortes, causados por arma branca. O casal tem dois filhos, ambos maiores de idade. Um está em Luanda e a filha habita na mesma residência dos pais, mas não estaria presente à data dos factos.

LEIA AINDA
Vende a filha menor por 20 mil euros para ser violada
Vende a filha menor por 20 mil euros para ser violada
O homem, de 62 anos, foi punido por recurso à prostituição de menores. No total, mãe e predador foram acusados de pelo menos 200 crimes, correspondentes ao número de violações sofridas pela vítima. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS