Assaltante atira sobre cliente no centro comercial Plaza [vídeo]

Câmara de videovigilância do certo comercial Plaza capta momento em que um assaltante dispara sobre um cliente, durante um assalto a uma joalharia.

Assaltante atira sobre cliente no centro comercial Plaza [vídeo]

Câmara de videovigilância do certo comercial Plaza capta momento em que um assaltante dispara sobre um cliente, durante um assalto a uma joalharia.

Imagens de uma câmara de viodeovigilância mostram o momento em que um assaltante faz disparos no interior do centro comercial Plaza, em Águas Claras, no Brasil, durante um assalto a uma joalharia. Um cliente foi atingido por um dos disparos, quando o casal de criminosos reagiu aos tiros ao ser abordado por seguranças. Os suspeitos foram detidos pela polícia, na manhã desta sexta-feira, 18 de dezembro.

Bruno Santos, de 35 anos, foi detido em Formosa e Maura Carvalho, de 18, em Samambaia. Em casa do homem, os polícias encontraram cocaína, o que configura flagrante delito. O assaltante já tinha cadastro por tráfico de drogas, mas a mulher não tem antecedentes.

LEIA DEPOIS
Adolescente acusado de perseguir e tentar matar colega de 15 anos em Sintra

Nas imagens das câmaras de segurança do Plaza, é possível ver-se o momento em que o assaltante e a cúmplice chegam ao local. De mãos dadas, seguem pelos corredores do estabelecimento e, no momento em que, durante a fuga, o autor identifica um segurança, saca a arma e atira, mas atinge um homem que passava no local. Ferida, a vítima tenta a fuga, mas acaba por cair. O casal continua a fuga até ao exterior do centro comercial.

Assaltante e cúmplice «mantinham um relacionamento» e «têm uma filha em comum»

O assaltante e a cúmplice “mantêm um relacionamento e têm uma filha em comum”. “O carro usado nos crimes também foi localizado e apreendido. Confessaram os factos e afirmam que dispararam porque o segurança tentou abordá-los”, explica André Leite, coordenador da polícia.

O casal entrou no Plaza e anunciou o assalto. Assustada, a funcionária da loja reagiu. Empurrou o assaltante e conseguiu colocar-se em fuga. Um segurança interveio e foi quando Bruno Santos abriu fogo, atingindo um cliente. Fugiram sem levar nada. Matheus Almeida Silveira, de 31 anos, que não tinha qualquer envolvimento no crime, acabou atingido no ombro. Foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Taguatinga.

LEIA AGORA
Canalizador abusa sexualmente de mãe idosa durante anos

Impala Instagram


RELACIONADOS