ASAE apreende garrafas de azeite «Virgem Extra» misturado com azeite refinado

A apreensão, num operador grossista, correspondeu a 1.500 litros de produto, num valor aproximado de 5.200 euros, rotulado como azeite “Virgem Extra”, mas que continha mistura.

ASAE apreende garrafas de azeite «Virgem Extra» misturado com azeite refinado

ASAE apreende garrafas de azeite «Virgem Extra» misturado com azeite refinado

A apreensão, num operador grossista, correspondeu a 1.500 litros de produto, num valor aproximado de 5.200 euros, rotulado como azeite “Virgem Extra”, mas que continha mistura.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) detetou a venda, num operador grossista, de cerca de 2.000 unidades de azeite que apresentavam a categoria “Virgem Extra” na denominação de venda, mas continham mistura de azeite refinado.

LEIA MAIS: DECO diz que só estas três marcas vendem azeite realmente «virgem»

 

A operação da ASAE, divulgada este sábado em comunicado, foi conduzida pela Unidade Nacional de Informações e de Investigação Criminal nas localidades de Guimarães, Sintra e Faro.

No total, precisa, foram apreendidas cerca de 2.000 garrafas de azeite, correspondendo a 1.500 litros de produto, num valor aproximado de 5.200 euros.

O produto em causa, estava rotulado como “Virgem Extra”, ou seja, azeite de categoria superior obtido diretamente de azeitonas, unicamente por processos mecânicos, mas na sua composição foi detetada a existência de azeite refinado.

Segundo a ASAE, trata-se assim de uma prática “fraudulenta” e que induzia o consumidor final em erro quanto à qualidade do produto, as suas reais características e o seu valor comercial.

“No âmbito desta operação, a ASAE fez uma intervenção simultânea a nível nacional, nas localidades de Guimarães, Sintra e Faro, no sentido de detetar e retirar do circuito comercial as embalagens deste produto”, refere.

LEIA MAIS: Rosa Grilo e cúmplice em prisão preventiva

Impala Instagram


RELACIONADOS