Arquidiocese de Braga diz que participou ao MP caso de abuso sexual nos anos 70

A Arquidiocese de Braga garantiu hoje que o anterior arcebispo Jorge Ortiga participou ao Ministério Público (MP) um caso de alegado abuso sexual de menores cometido na década de 70 por um padre.

Arquidiocese de Braga diz que participou ao MP caso de abuso sexual nos anos 70

Arquidiocese de Braga diz que participou ao MP caso de abuso sexual nos anos 70

A Arquidiocese de Braga garantiu hoje que o anterior arcebispo Jorge Ortiga participou ao Ministério Público (MP) um caso de alegado abuso sexual de menores cometido na década de 70 por um padre.

Fonte da arquidiocese disse à Lusa que Jorge Ortiga teve conhecimento do caso em 2015 e que nesse mesmo ano o participou ao MP.

O padre em questão fez um pedido de dispensa de funções à Santa Sé e deixou de exercer ainda em 2015, estando desde então afastado de qualquer atividade sacerdotal.

Ainda segundo a mesma fonte, o caso acabou por ser arquivado pela justiça, por prescrição.

Na terça-feira, o Porto Canal noticiou que Jorge Ortiga encobriu o caso, resolvendo-o no seio da igreja mas não o participando ao Ministério Público.

Os abusos remontam à década de 70 e a vítima terá sido uma irmã do padre suspeito.

VCP // MSP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS