Apreendidas oito toneladas de alfarroba no Algarve

A GNR apreendeu cerca de oito toneladas de alfarroba e identificou seis suspeitos de apanha ilegal desse fruto, na sexta-feira, em Manta Rota, concelho de Vila Real de Santo António, foi hoje anunciado.

Apreendidas oito toneladas de alfarroba no Algarve

Apreendidas oito toneladas de alfarroba no Algarve

A GNR apreendeu cerca de oito toneladas de alfarroba e identificou seis suspeitos de apanha ilegal desse fruto, na sexta-feira, em Manta Rota, concelho de Vila Real de Santo António, foi hoje anunciado.

As pessoas identificadas foram abordadas após uma denúncia recebida pela GNR de Vila Real de Santo António por “apanha ilegal de alfarroba em terreno agrícola”, avaliada em cerca de 20.000 euros, precisou a GNR num comunicado.

Depois de localizados, a GNR detetou os suspeitos na posse de 266 sacas contendo cerca de 8.000 quilos de alfarroba, com um valor estimado de 20.000 mil euros, acrescenta a nota.

O Comando Territorial de Faro da GNR esclareceu que, após identificar os suspeitos, que têm entre 30 e 50 anos, os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Vila Real de Santo António, no distrito de Faro.

Nas últimas semanas, têm-se acentuado os furtos de alfarroba no Algarve, fruto cujo preço aumentou dez vezes nos últimos anos, tendo atingido entre 40 a 50 euros a arroba (15 quilos).

A semente do fruto é muito usada na indústria alimentar, sendo tambem aplicada nas indústrias farmacêutica e cosmética.

Os produtores de alfarroba no Algarve manifestaram-se na última sexta-feira, em Loulé, para exigir a promulgação de uma lei que regule o comércio daquele fruto seco.

A época de apanha de alfarroba iniciava-se, normalmente, em agosto, mas este ano, também devido às condições meteorológicas, iniciou-se mais cedo.

MHC // MAD

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS