APAV apoiou mais de 43 mil vítimas de violência doméstica em cinco anos

Foram registados mais de 100.000 crimes em contexto de violência doméstica.

APAV apoiou mais de 43 mil vítimas de violência doméstica em cinco anos

APAV apoiou mais de 43 mil vítimas de violência doméstica em cinco anos

Foram registados mais de 100.000 crimes em contexto de violência doméstica.

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) registou em cinco anos mais de 100.000 crimes em contexto de violência doméstica e apoiou mais de 43.000 pessoas, a maioria (86%) mulheres.

LEIA DEPOIS

Previsão do tempo para segunda-feira com períodos de chuva

Num conjunto de estatísticas que abrangem o período 2013-2018 divulgadas hoje, Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, a APAV lembra que registou um total de 43.456 processos de apoio a pessoas vítimas de violência doméstica, o que se traduz num total de 104.729 crimes.

Vítimas eram sobretudo mulheres casadas

Com idades compreendidas entre os 26 e os 55 anos (cerca de 42%), as vítimas de violência doméstica eram sobretudo mulheres casadas (33,7%) e pertenciam a um tipo de família nuclear com filhos/as (41,2%).

Tendo em conta o tipo de problemáticas existentes, prevalece o tipo de vitimação continuada em cerca de 80% das situações, com uma duração média entre os dois e os seis anos (16,9%). Os dados da APAV indicam que a residência foi o local mais escolhido para a “ocorrência dos crimes” em cerca de 64% das situações.

Já as queixas/denúncias registadas ficam-se nos 41,2% face ao total de autores/as de crime assinalados. As vítimas continuam a ser maioritariamente do sexo feminino – cerca de 86 % – a mesma percentagem de autores do crime/agressores do sexo masculino.

LEIA MAIS

Frederico Morais vence Hawaian Pro e regressa à elite mundial de surf

Acidente com cinco viaturas corta trânsito na Segunda Circular

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS