Angola tem cerca de 12 mil cidadãos em prisão preventiva

Número de reclusos em prisão preventiva em Angola atinge cerca de 12 mil, anunciou em Luanda o secretário de Estado para os Serviços Penitenciários do Ministério do Interior.

Angola tem cerca de 12 mil cidadãos em prisão preventiva

Angola tem cerca de 12 mil cidadãos em prisão preventiva

Número de reclusos em prisão preventiva em Angola atinge cerca de 12 mil, anunciou em Luanda o secretário de Estado para os Serviços Penitenciários do Ministério do Interior.

José Bamókina Zau não se referiu a eventuais casos de excessos de prisão preventiva, mas indicou que a nível das cadeias de Angola existem 25.900 reclusos, dos quais 11.900 detidos em prisão preventiva e cerca de 13 mil condenados. Defendeu, por isso, maior celeridade no tratamento dos processos.

LEIA DEPOIS
Rapariga com bebé de 2 anos ao colo atropelada por camião em Penafiel

Executivo de Angola iniciou construção de prisões modernas

Sobre o que está a ser feito para melhorar as condições carcerárias, o secretário de Estado informou, de acordo com o Jornal de Angola, que, apesar de algumas unidades continuarem sobrelotadas, o Executivo iniciou a construção de unidades penitenciárias com características modernas, com maior garantia e conforto para os reclusos. Em relação à criminalidade, o secretário de Estado indicou que a cidade de Luanda continua a liderar os dados, seguida das províncias de Benguela, Huíla e Huambo.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para quarta-feira, 12 de junho
Atropela duas pessoas após uma discussão de trânsito [vídeo]
Apresenta queixa contra hotel por ser «responsável» pelo seu divórcio

Impala Instagram


RELACIONADOS