Alemão suspeito de pagar orgias com menores: «Nenhum dos meus amigos me abandonou»

Suspeito de pagar orgias com raparigas menores, Matthias Schmelz saiu de Portugal e refere que passou o Natal «mais triste» de sempre, mas também o «mais feliz».

Alemão suspeito de pagar orgias com menores: «Nenhum dos meus amigos me abandonou»

Alemão suspeito de pagar orgias com menores: «Nenhum dos meus amigos me abandonou»

Suspeito de pagar orgias com raparigas menores, Matthias Schmelz saiu de Portugal e refere que passou o Natal «mais triste» de sempre, mas também o «mais feliz».

Matthias Schmelz está a ser investigado pelas autoridades por pagar orgias com raparigas menores, às quais pagaria cerca de 500 euros por cada sessão de sexo. Ausente do país neste momento, o alemão multimilionário falou em exclusivo ao Portal de Notícias sobre a forma como esta acusação o afeta.

LEIA DEPOIS

Cristiano Ronaldo joga à bola com criança sem pernas

«Acabei por passar o Natal mais triste e mais feliz da minha vida. Triste porque tive de me afastar temporariamente de um país e de um povo que admiro e amo profundamente», começa por referir. «Feliz porque, apesar da tremenda campanha difamatória dos meios de comunicação em Portugal nenhum dos meus amigos me abandonou», continua, explicado que tem recebido mensagens de apoio de várias pessoas.

Apesar da investigação que decorre atualmente, Matthias Schmelz revela estar «muito grato». «Agora sim, tenho certeza absoluta de que sou uma das pessoas mais ricas do mundo porque tenho algo que ninguém pode comprar: amigos verdadeiros», remata.

Inquérito decorre no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa

O empresário alemão – representante em Portugal de uma marca de aspiradores – está a ser investigado por pagar orgias com menores na sua casa, na zona de Cascais. A Procuradoria-Geral da República confirmou, em novembro, ao Público, a existência de um inquérito «que corre termos no DIAP [Departamento de Investigação e Acção Penal] de Lisboa».

De acordo com a TVI, a situação terá sido descoberta depois de um assalto à residência de Matthias Schmelz encomendado por uma das raparigas que, na véspera, teria ali participado numa festa.

Texto: Sílvia Abreu

LEIA MAIS
Meteorologia: O tempo para este domingo, 29 de dezembro

Impala Instagram


RELACIONADOS