Agente da polícia ajuda mulher em parto no meio de rua em Lisboa

Oficial da polícia foi alertado por popular «da existência de distúrbios naquela artéria».

Agente da polícia ajuda mulher em parto no meio de rua em Lisboa

Agente da polícia ajuda mulher em parto no meio de rua em Lisboa

Oficial da polícia foi alertado por popular «da existência de distúrbios naquela artéria».

Um oficial da Polícia de Segurança Pública ajudou uma mãe durante o parto numa rua de Lisboa. O nascimento ocorreu no dia 11 de janeiro e a menina nasceu prematura – com apenas sete meses de gestação – pelas 18h25.

LEIA DEPOIS
Governo russo cai com demissão do primeiro-ministro

O agente, que ajudou no parto, foi alertado por um popular «da existência de distúrbios naquela artéria», indica um comunicado enviado às redações esta quarta-feira, 15 de janeiro. «Deparou-se com um aglomerado de pessoas em volta de uma mulher deitada no chão e em trabalho de parto.»

Ligou para o número de emergência médica, «uma vez que já era visível a cabeça do feto/criança, a operadora foi-lhe dando indicações médicas a fim de continuar com o auxílio à progenitora» até que os meios de emergência chegassem ao local. A criança nasceu «poucos minutos depois e foi colocada em cima da mãe, aconchegada em cobertores, a fim de evitar o choque térmico».

Após a ambulância chegar ao local, a progenitora e a bebé foram levadas para o Hospital Santa Maria.

LEIA MAIS
Meteorologia: O tempo para esta quinta-feira, 16 de janeiro

Impala Instagram


RELACIONADOS