Agente de segurança privada morta a tiro em Manica

Um grupo desconhecido baleou mortalmente uma agente de segurança privada na cidade de Chimoio, província de Manica, centro de Moçambique, informou fonte policial.

Agente de segurança privada morta a tiro em Manica

Agente de segurança privada morta a tiro em Manica

Um grupo desconhecido baleou mortalmente uma agente de segurança privada na cidade de Chimoio, província de Manica, centro de Moçambique, informou fonte policial.

O homicídio ocorreu na madrugada de segunda-feira, quando a agente de segurança estava em serviço num armazém na zona de Tembwe, disse o porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Manica, Mateus Mindú, citado pela Agência de Informação de Moçambique. Segundo as autoridades moçambicanas, o grupo, que se fazia transportar numa viatura de marca Ford Ranger, pretendia roubar material informático do armazém.

LEIA DEPOIS
Hospitais São João e Santo António «esgotaram capacidade» para casos de coronavírus

Disparo sobre a agente de segurança alertou a Polícia

«Quando eles dispararam [contra a agente de segurança], despertaram a atenção da Polícia que estava num dos nossos postos na zona de Tembwe. Os agentes cercaram de imediato o local e os agressores, quando se viram encurralados, abandonaram a viatura. Saltaram a vedação e deixaram cair uma arma [do tipo Makarov ]», explicou o porta-voz da Polícia. As autoridades moçambicanas disseram que as equipas estão no terreno para tentar capturar membros deste grupo.

LEIA MAIS
Acusados do homicídio do triatleta Luís Grilo conhecem hoje acórdão em Loures

Impala Instagram


RELACIONADOS