Agente da PSP de Vila Nova de Gaia agride e atira cadeira à mulher

Agente da PSP que agrediu e atirou cadeira à mulher foi condenado por violência doméstica e maus-tratos a dois anos e três meses de pena suspensa.

Agente da PSP de Vila Nova de Gaia agride e atira cadeira à mulher

Agente da PSP de Vila Nova de Gaia agride e atira cadeira à mulher

Agente da PSP que agrediu e atirou cadeira à mulher foi condenado por violência doméstica e maus-tratos a dois anos e três meses de pena suspensa.

O casal relacionava-se há cerca de sete anos quando os maus-tratos começaram. A partir de 2014, o agente da PSP ter-se-á tornado «controlador e possessivo» e a dirigir «insultos à vítima». A violência «aumentou entre o final de 2016 e março de 2018». O polícia de segurança pública «atirou uma cadeira» à companheira, «empurrou-a contra armários», «apertou-lhe o pescoço» e «agrediu-a à bofetada», lê-se no acórdão.

LEIA DEPOIS
Junta de Freguesia dá posse a mecânico por engano

Agente da PSP agrediu e ameaçou ex-companheira de morte

Foi condenado no Tribunal de Vila Nova de Gaia a dois anos e três meses de pena suspensa por violência doméstica, pena agora confirmada pelo Tribunal da Relação do Porto. O arguido, de 40 anos, terá ainda de frequentar um programa para agressores e pagar 1.400 euros à ex-companheira. «O arguido atuou com elevada culpa, agredindo repetidamente múltiplas vertentes da personalidade da ofendida, ao longo de vários anos, a ponto da mesma ainda hoje se mostrar profundamente sentida e com medo», descreve o acórdão.

«Considera-te uma mulher morta. Vais agonizar até ao fim»

No final de 2016, «durante uma discussão», o agente da PSP «cuspiu na cara» da mulher. Meses depois, «durante um jantar, no qual estava o filho menor» do casal, deu «várias bofetadas» à vítima. «Semanas mais tarde», «apertou-lhe o pescoço, agrediu-a com uma cadeira e empurrou-a contra armários». A vítima acabou por sair de casa, mas o arguido continuou a «agredir e a ameaçar» a vítima. «Considera-te uma mulher morta. Vais agonizar até ao fim numa valeta», terá ameaçado o polícia.

LEIA AGORA
Idosa encontrada morta em casa com ferimentos na cabeça em Santo André

Impala Instagram


RELACIONADOS