Afeganistão: Explosões em Cabul fizeram entre 13 e 20 mortos

Os atentados de hoje em Cabul mataram entre 13 e 20 pessoas, e provocaram pelo menos 52 feridos, disse hoje o porta-voz principal dos talibãs.

Afeganistão: Explosões em Cabul fizeram entre 13 e 20 mortos

Afeganistão: Explosões em Cabul fizeram entre 13 e 20 mortos

Os atentados de hoje em Cabul mataram entre 13 e 20 pessoas, e provocaram pelo menos 52 feridos, disse hoje o porta-voz principal dos talibãs.

“As nossas informações iniciais mostram que entre 13 e 20 pessoas foram mortas, e 52 feridas nas explosões no aeroporto de Cabul”, disse Zabihullah Mujahid á agência France-Press.

Fontes hospitalares locais citadas pelos ‘media’ afegãos disseram que o ataque provocou pelos menos 15 mortos e mais de 60 feridos.

“Cerca de 60 pacientes feridos no ataque ao aeroporto chegaram ao nosso centro médico”, disse no Twitter a ONG italiana Emergency, que tem um hospital em Cabul.

A mesma ONG disse que seis das pessoas transportadas para as suas instalações morreram pelo caminho.

O embaixador dos EUA em Cabul disse aos seus funcionários que quatro fuzileiros norte-americanos morreram e três ficaram feridos numa das explosões, noticiou o Washington Post.

A primeira das explosões teve lugar às 18:24 em Cabul (14:54 em Lisboa), perto de um dos portões do aeroporto de Cabul, segundo a rede noticiosa afegã Ariana News.

A segunda explosão ocorreu junto ao hotel Baron, próximo do portão do aeroporto alvo do primeiro ataque.

Os meios de comunicação locais divulgaram imagens mostrando vários corpos no local do ataque, bem como pessoas feridas a serem levadas para hospitais.

Os ‘media’ afegãos disseram que pelo menos a primeira explosão foi de grande potência.

Zabihullah Mujahid disse que os talibãs condenam veementemente o ataque no aeroporto de Cabul, “cuja segurança está nas mãos das forças norte-americanas”.

Mujahid disse ainda que os talibãs estão a prestar “muita atenção à segurança e proteção do seu povo” e prometeu que os autores do ataque “serão severamente dissuadidos”.

Este foi o primeiro ataque a ter lugar na capital afegã desde que os talibãs assumiram o controlo do país a 15 de agosto.

O ataque ocorreu quando milhares de afegãos se encontravam fora do aeroporto de Cabul numa tentativa de fugir do país em voos de resgate organizados pelas forças internacionais.

Os Estados Unidos e vários dos seus aliados tinham alertado desde quarta-feira à noite para a possibilidade de um ataque na zona do aeroporto

PNG (RJP) // PDF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS