Abalo com magnitude 2,1 sentido na ilha de São Jorge, nos Açores

Um sismo de magnitude 2,1 (escala de Richter) foi sentido na noite de domingo na ilha de São Jorge, segundo o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores.

Abalo com magnitude 2,1 sentido na ilha de São Jorge, nos Açores

Abalo com magnitude 2,1 sentido na ilha de São Jorge, nos Açores

Um sismo de magnitude 2,1 (escala de Richter) foi sentido na noite de domingo na ilha de São Jorge, segundo o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores.

O abalo foi registado às 21h43 locais (22h43 em Lisboa) e teve epicentro a cerca de dois quilómetros de Santo Amaro, sendo “sentido com intensidade máxima III/IV (escala de Mercalli Modificada) nas freguesias de Velas, Santo Amaro e Urzelina (concelho de Velas)”. A ilha de São Jorge tem atualmente ativo um nível de alerta vulcânico V3 (sistema ativo sem iminência de erupção), na sequência da crise sismovulcânica registada desde 19 de março. O sismo de maior magnitude (3,8 na escala de Richter) desta crise ocorreu no dia 29 de março, às 21h56.

De acordo com a escala de Richter, os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequenos (2,0-2,9), pequenos (3,0-3,9), ligeiros (4,0-4,9), moderados (5,0-5,9), fortes (6,0-6,9), grandes (7,0-7,9), importantes (8,0-8,9), excecionais (9,0-9,9) e extremos (quando superior a 10).

A escala de Mercalli Modificada mede os “graus de intensidade e respetiva descrição” e, quando há uma intensidade III, considerada fraca, o abalo é “sentido dentro de casa” e “os objetos pendentes baloiçam”, sentindo-se uma “vibração semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados”, conforme é referido no ‘site’ do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Impala Instagram


RELACIONADOS