Portugal atinge máximo de incêndios deflagrados nas últimas 24 horas

Portugal atingiu esta sexta-feira o número máximo de incêndios deflagrados este ano, anunciou ANEPC, apelando à população para ter especial cuidado face ao esperado agravamento do calor.

Portugal atinge máximo de incêndios deflagrados nas últimas 24 horas

Portugal atinge máximo de incêndios deflagrados nas últimas 24 horas

Portugal atingiu esta sexta-feira o número máximo de incêndios deflagrados este ano, anunciou ANEPC, apelando à população para ter especial cuidado face ao esperado agravamento do calor.

Portugal atingiu esta sexta-feira o número máximo de incêndios deflagrados este ano, com 121 ignições, anunciou hoje a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), apelando à população para ter especial cuidado face ao esperado agravamento do calor. No ‘briefing’ à comunicação social, realizado pelas 12h00 na sede do organismo, em Carnaxide (Oeiras), o comandante André Fernandes destacou que há três incêndios a gerar maior preocupação no combate às chamas, nomeadamente em Ourém (distrito de Santarém), Carrazeda de Ansiães (distrito de Bragança) e Vale da Pia (distrito de Leiria).

«Há um agravamento da situação»

“Há um agravamento da situação, nomeadamente na região sul. Estamos a viver uma situação quase inédita do ponto de vista meteorológico. A situação vai-se manter e é proibido usar maquinaria nestes dias que se seguem para baixarmos o número de ignições, que têm vindo a aumentar”, afirmou o responsável da ANEPC, destacando que as 121 ignições registadas “são o máximo deste ano”.

António Costa alerta para fim de semana de “alto risco” para os incêndios
O primeiro-ministro, António Costa, alertou que o fim de semana que agora começa é de “alto risco” para os incêndios, apelando aos portugueses para não fazerem fogo ou usarem máquinas. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS