Portugal apoia com 200 mil euros bolsas para seis cientistas da CPLP

O presidente do Instituto Camões afirmou hoje, na cidade da Praia, que seis cientistas de países da CPLP vão usufruir de bolsas junto do Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), para as quais Portugal contribuiu com 200 mil euros.

Portugal apoia com 200 mil euros bolsas para seis cientistas da CPLP

Portugal apoia com 200 mil euros bolsas para seis cientistas da CPLP

O presidente do Instituto Camões afirmou hoje, na cidade da Praia, que seis cientistas de países da CPLP vão usufruir de bolsas junto do Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), para as quais Portugal contribuiu com 200 mil euros.

Luís Faro Ramos falava aos jornalistas à margem da reunião do Conselho Científico do IILP, com sede na cidade da Praia, Cabo Verde.

Em relação à última reunião do Instituto, realizada no ano passado, o diplomata sublinhou as “novidades”, nomeadamente a nova direção assumida pela Guiné-Bissau.

“Portugal congratula-se muito com este facto porque a Guiné-Bissau estava de algum modo ausente dos trabalhos do IILP agora está representado ao mais alto nível”, disse.

O presidente do Camões enfatizou o interesse de Portugal em “dinamizar o IILP” e recordou que, “há pouco tempo”, fez “uma contribuição extraordinária de 200 mil euros para o “Programa de bolsas: Cientista convidado do IILP”.

Com o apoio português, o IILP vai atribuir bolsas anuais a investigadores de países da CPLP.

“A ideia é, durante três anos, dois cientistas serem convidados a desenvolver os seus projetos aqui com o IILP, dois por ano, num total de seis”, adiantou.

O programa, que vai ser lançado “dentro de pouco tempo”, é aberto a nacionais de todos os países da CPLP e visa preferencialmente o desenvolvimento da investigação na cidade da praia, onde funciona o IILP.

“Esperamos com esta contribuição ajudar a dinamizar as atividades do instituto que tem desenvolvido projetos de grande interesse na área da promoção da língua”, afirmou Luís Faro Ramos.

E acrescentou: “O IILP é a instância adequada para, no âmbito da CPLP, promover a nossa língua comum”.

SMM // PVJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS