Washington promete

Washington promete “reação rápida” a qualquer ameaça a Guaidó

Os Estados Unidos prometeram hoje uma “reação rápida” em caso de “ameaças, violência ou intimidação” visando o autoproclamado Presidente interino venezuelano Juan Guaidó, reconhecido por Washington, no seu regresso a Caracas.

“Os Estados Unidos atribuem a maior importância ao regresso à Venezuela de Juan Guaidó em total segurança”, avisou o vice-presidente norte-americano, Mike Pence, na rede social Twitter.

Procedente da Colômbia, Juan Guaidó, que se autoproclamou no final de janeiro Presidente interino e foi, quase de imediato, reconhecido por 50 países como substituto do dirigente socialista Nicolás Maduro, aterrou hoje no aeroporto de Caracas, onde foi aclamado por milhares de apoiantes que o aguardavam à chegada, segundo imagens transmitidas pela televisão.

Guaidó corre o risco de ser detido por ter violado uma proibição de saída do território venezuelano que lhe foi imposta pelo regime de Maduro.

“O mundo está a ver — o Presidente interino Guaidó deve ser autorizado a regressar à Venezuela em total segurança”, insistiu ainda Mike Pence, na primeira linha da estratégia norte-americana para obrigar Nicolás Maduro a abandonar o poder.

ANC // EL

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Washington promete “reação rápida” a qualquer ameaça a Guaidó

Os Estados Unidos prometeram hoje uma “reação rápida” em caso de “ameaças, violência ou intimidação” visando o autoproclamado Presidente interino venezuelano Juan Guaidó, reconhecido por Washington, no seu regresso a Caracas.