Wall Street negoceia em baixa no início da sessão

A bolsa nova-iorquina negociava hoje em baixa no início da sessão, no mesmo dia em que Taiwan saudou o acordo com Washington para a compra de equipamento naval e em que foi anunciada a recuperação do comércio da China.

Wall Street negoceia em baixa no início da sessão

Wall Street negoceia em baixa no início da sessão

A bolsa nova-iorquina negociava hoje em baixa no início da sessão, no mesmo dia em que Taiwan saudou o acordo com Washington para a compra de equipamento naval e em que foi anunciada a recuperação do comércio da China.

Pelas 14:45 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones recuava 0,43% para 32.768,39 pontos e o tecnológico Nasdaq perdia 0,80% para 11.986,11 pontos.

Já o índice alargado S&P 500 fixava-se em 4.099,01 pontos, menos 0,40%.

Na quarta-feira, Wall Street encerrou em baixa, com o Dow Jones a recuar 0,81%.

Taiwan saudou hoje o acordo com Washington para a compra de 120 milhões de dólares (112 milhões de euros) em equipamento naval, que aumentará a “prontidão de combate” da ilha e a capacidade de trabalhar com as forças norte-americanas.

Também hoje foi anunciado que o comércio externo da China recuperou, em maio, face ao atenuar das medidas de prevenção epidémica em Xangai e outros importantes centros industriais do país, segundo dados das alfândegas chinesas.

As exportações subiram 16,9%, em relação ao mesmo mês do ano anterior, para 308,3 mil milhões de dólares (mais de 287 mil milhões de euros), acima do crescimento de 3,7%, alcançado em abril. As importações subiram 4,1%, para 229,5 mil milhões de dólares (quase 214 mil milhões de euros), depois de terem aumentado 0,7%, no mês anterior.

Hoje, o Banco Central Europeu (BCE) manteve as taxas de juro, mas anunciou que as compras líquidas de ativos ao abrigo do programa APP terminam em julho, mês no qual avança com uma subida de 25 pontos base.

PE (RN/JPI/AAT) // CSJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS