Wall Street encerra em forte alta mesmo sem resultado final das presidenciais

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em forte alta, mesmo sem se conhecer ainda o vencedor de uma eleição presidencial cerrada, no dia seguinte à votação, mas com o incumbente Donald Trump a contestar já alguns resultados.

Wall Street encerra em forte alta mesmo sem resultado final das presidenciais

Wall Street encerra em forte alta mesmo sem resultado final das presidenciais

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em forte alta, mesmo sem se conhecer ainda o vencedor de uma eleição presidencial cerrada, no dia seguinte à votação, mas com o incumbente Donald Trump a contestar já alguns resultados.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average avançou 1,34%, para os 27.847,66 pontos, e o alargado S&P500 valorizou 2,21%, para os 3.343,44.

Já o tecnológico Nasdaq teve um ganho de 3,85%, para as 11.590,78 unidades.

Depois de perdas pesadas na semana passada, os índices já tinham recuperado na segunda e terça-feira.

Apesar de vários sinais positivos para o candidato democrata Joe Biden, que ganhou designadamente o Estado do Wisconsin, a sua eleição para presidente dos EUA ainda não estava garantida.

Por seu lado, Trump lançou uma guerrilha judicial para exigir uma recontagem dos sufrágios no Wisconsin e a suspensão da contagem na Pensilvânia.

Ao mesmo tempo, os republicanos pareciam em boa posição para conservar a maioria no Senado, ao passo que os democratas estavam em vias de manter o seu avanço na Câmara dos Representantes.

“Isto quer dizer que vamos ficar com um impasse político”, estimou Peter Cardillo, da Spartan Capital.

“Qualquer que seja o vencedor, não vai estar em medida de aplicar inteiramente o seu programa”, acrescentou este operador.

A ausência de uma “vaga azul” para os democratas significa em particular que vai ser mais difícil para Biden, em caso de vitória final, fazer aprovar subidas de impostos sobre as grandes empresas e as grandes fortunas, bem como os ganhos em bolsa.

Por outro lado, se o Senado permanecer sob domínio dos republicanos, a possibilidade de um novo plano relevante de ajudas à economia reduz-se.

O banco central norte-americano, desejoso de apoiar o crescimento, não deverá aumentar as suas taxas de juro diretoras, se os responsáveis políticos não chegarem a um compromisso sobre medidas orçamentais.

Apesar de tudo, Shawn Cruz, da TD Ameritrade, realçou que o índice VIX, que mede a volatilidade em Wall Street e é designado como ‘o índice do medo’, se manteve a um nível relativamente elevado, em torno dos 30 pontos, apesar de uma queda de 17% hoje ocorrida.

“Numerosas questões permanecem em suspenso, tanto ao nível de novas medidas de ajuda como sobre a perda de velocidade da economia”, observou Cruz.

RN // JLS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS