Venezuela assumirá presidência da Conferência da OPEP em janeiro de 2019

Venezuela assumirá presidência da Conferência da OPEP em janeiro de 2019

A Venezuela assume a presidência da Conferência da Organização de Países Exportadores de Petróleo em janeiro de 2019, abrindo com o debate sobre um novo corte da produção de petróleo.

Caracas, 03 dez (Lusa) – A Venezuela assumirá a presidência da Conferência da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) a partir de janeiro de 2019, que abrirá com um debate sobre um novo corte da produção de petróleo, anunciou hoje a petrolífera venezuelana.

“A Venezuela presidirá, no ano 2019, à Conferência da Organização de Países Exportadores de Petróleo, com o propósito firme de manter o equilíbrio para o desenvolvimento e a prosperidade económica dos países-membros e do mundo”, anunciou a Petróleos de Venezuela, SA (PDVSA).

Através da rede social Twitter, a empresa explica que não se pode “abrir a possibilidade para que volte o nível de baixa estabilidade do mercado”.

Segundo a Agência Venezuelana de Notícias (AVN), o país vai apresentar uma proposta para converter a criptomoeda venezuelana Petro como unidade de referência nas transações petrolíferas à escala mundial e como ponte para a internacionalização.

A proposta venezuelana visa responder economicamente às sanções “de países imperialistas” a membros da OPEP.

FPG // SR

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Venezuela assumirá presidência da Conferência da OPEP em janeiro de 2019

A Venezuela assume a presidência da Conferência da Organização de Países Exportadores de Petróleo em janeiro de 2019, abrindo com o debate sobre um novo corte da produção de petróleo.