Uruguai rejeita pedido de asilo do ex-Presidente peruano Alan García

Uruguai rejeita pedido de asilo do ex-Presidente peruano Alan García

O Uruguai rejeitou hoje um pedido de asilo do ex-Presidente peruano Alan García, que se refugiou no consulado uruguaio em Lima depois de um juiz ter retido o seu passaporte como parte de uma investigação de corrupção no Peru.

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Peru, Nestor Popolizio, disse que García já deixou o consulado uruguaio em Lima.

Houve relatos hoje sobre um automóvel prateado que teria saído do posto diplomático uruguaio.

Ao negar o pedido de asilo, o Presidente uruguaio, Tabaré Vázquez, declarou que não há evidências suficientes que apoiem a afirmação de García de que está a ser um alvo de perseguição política.

Alan García fugiu para o consulado uruguaio há pouco mais de duas semanas, após a ordem de um juiz que o proibia de deixar o país por 18 meses, enquanto decorre uma investigação sobre alegações de que o ex-Presidente teria recebido pagamentos ilegais da construtora brasileira Odebrecht.

A construtora Odebrecht foi uma das empresas alvo da investigação Lava Jato, da Polícia Federal (PF) brasileira, tendo a justiça do Brasil já condenado vários dos seus executivos no Brasil, entre eles, Marcelo Odebrecht.

CSR // EL

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Uruguai rejeita pedido de asilo do ex-Presidente peruano Alan García

O Uruguai rejeitou hoje um pedido de asilo do ex-Presidente peruano Alan García, que se refugiou no consulado uruguaio em Lima depois de um juiz ter retido o seu passaporte como parte de uma investigação de corrupção no Peru.