UE/Presidência: Canais diplomáticos com Rússia devem manter-se abertos – Santos Silva

Portugal, atualmente na presidência do Conselho da União Europeia (UE), advogou hoje que, “mais do que nunca”, se mantenham abertos os canais diplomáticos entre os 27 e a Rússia.

UE/Presidência: Canais diplomáticos com Rússia devem manter-se abertos - Santos Silva

UE/Presidência: Canais diplomáticos com Rússia devem manter-se abertos – Santos Silva

Portugal, atualmente na presidência do Conselho da União Europeia (UE), advogou hoje que, “mais do que nunca”, se mantenham abertos os canais diplomáticos entre os 27 e a Rússia.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, que está de visita à capital russa, hoje e terça-feira, sublinhou que as “divergências” sobre “questões fundamentais” não impedem o diálogo político entre os dois blocos, UE e Rússia.

“Ter divergências, mesmo em questões fundamentais, e assumir valores e interesses diferentes, e até contraditórios, não nos impede de iniciar um diálogo político. Pelo contrário. Precisamos, mais do que nunca, de manter os canais diplomáticos abertos. Precisamos de nos empenhar na comunicação política. Precisamos de encontrar bases para construir uma agenda positiva”, defendeu, na abertura da conferência “Juntos num mundo global”, organizada pelo Conselho de Assuntos Internacionais da Rússia (RIAC) e pela Embaixada de Portugal em Moscovo.

O programa de Santos Silva, que se desloca a Moscovo no âmbito da presidência portuguesa do Conselho da UE que termina a 30 de junho, inclui ainda uma reunião bilateral com o chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov, e um encontro com a comunidade portuguesa em Moscovo, segundo a fonte.

Na terça-feira, Santos Silva profere uma palestra aos estudantes da Academia Diplomática e do Instituto Estatal de Relações Internacionais de Moscovo e participa num debate com analistas políticos dos principais grupos de reflexão (‘think tanks’) russos.

SBR (MDR) // ANP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS