UE prevê mais de dois mil ME para Açores e Madeira na estratégia ultraperiférica

UE prevê mais de dois mil ME para Açores e Madeira na estratégia ultraperiférica

A União Europeia prevê um financiamento de mais de dois mil milhões de euros para os Açores e Madeira até 2020, para a economia azul e inovação.

Bruxelas, 23 nov (Lusa) — A União Europeia (UE) prevê um financiamento de mais de dois mil milhões de euros para os Açores e Madeira até 2020, na nova estratégia para as regiões ultraperiféricas, que aposta, nomeadamente, na economia azul e inovação.

Segundo dados hoje divulgados, em Bruxelas, para os Açores estão orçamentados 1,45 mil milhões de euros no quadro orçamental 2014-2020, prevendo-se que a verba resulte no apoio a 1.045 empresas, com a criação direta de três mil postos de trabalho, entre outras medidas.

A Madeira recebe fundos no valor de 595 milhões de euros para, no mesmo período, duplicar o investimento público em percentagem do produto interno bruto, criar 1.147 novos postos de trabalho e apoiar 450 empresas, entre outras medidas.

A esta verba somam-se ainda financiamentos no âmbito da cooperação para Açores, Madeira e Canárias (127 milhões de euros), do Fundo Europeu Marítimo e das Pescas (102 milhões para Açores e Madeira) e dos fundos para a agricultura (até 106 milhões de euros anuais para as duas regiões).

Estes dados foram divulgados no âmbito da conferência anual das regiões ultraperiféricas (RUP) – as nove regiões europeias que se situam a milhares de quilómetros do continente europeu –, que decorre nas Canárias, Espanha.

Nos Açores, a Comissão Europeia destaca o apoio a um projeto de criação de um espaço dedicado à realização de feiras e exposições na ilha Terceira, que recebeu quatro milhões de euros do Fundo Social Europeu (FSE).

No arquipélago, o projeto da Rede Valorizar — para validar e certificar competências escolares — recebeu, também do FSE, uma verba de 10,6 milhões de euros.

Na Madeira, o executivo comunitário dá como exemplos o Observatório Oceânico, apoiado com 1,7 milhões de euros pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, e a instalação de um centro de controlo de satélites, que o mesmo fundo comparticipa com 2,7 milhões de euros.

No que se refere ao Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE), este prevê a mobilização de mais de 2,2 mil milhões de euros de investimento adicional mobilizado nas regiões ultraperiféricas.

A Plataforma Europeia de Aconselhamento ao Investimento (plataforma Hub) desenvolveu igualmente pistas de intervenção para melhorar o acesso ao financiamento por parte das empresas nestas regiões.

A Comissão Europeia quer – com as estratégias para as RUP – promover a inovação, a economia circular e o crescimento azul nas regiões ultraperiféricas.

IG // SSS

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

UE prevê mais de dois mil ME para Açores e Madeira na estratégia ultraperiférica

A União Europeia prevê um financiamento de mais de dois mil milhões de euros para os Açores e Madeira até 2020, para a economia azul e inovação.