UE convida Zelensky a visitar Bruxelas e participar numa cimeira em fevereiro

A União Europeia convidou o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, a visitar Bruxelas para participar pessoalmente numa cimeira que será realizada a 03 de fevereiro de 2023 entre Kiev e os líderes do bloco europeu, foi hoje divulgado.

UE convida Zelensky a visitar Bruxelas e participar numa cimeira em fevereiro

UE convida Zelensky a visitar Bruxelas e participar numa cimeira em fevereiro

A União Europeia convidou o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, a visitar Bruxelas para participar pessoalmente numa cimeira que será realizada a 03 de fevereiro de 2023 entre Kiev e os líderes do bloco europeu, foi hoje divulgado.

O anúncio do convite foi avançado pelo porta-voz do presidente do Conselho Europeu (Charles Michel), um dia depois de Zelensky ter estado em Washington – a sua primeira viagem fora da Ucrânia desde o início da invasão russa, em 24 de fevereiro – para se encontrar com o Presidente norte-americano, Joe Biden, e para discursar perante as duas câmaras do Congresso dos Estados Unidos.

“Posso confirmar que haverá uma cimeira UE-Ucrânia em 03 de fevereiro e há um convite aberto ao Presidente Zelensky para visitar Bruxelas”, disse o porta-voz, Barend Leyts, sem especificar se o líder ucraniano já aceitou a oferta.

De acordo com a mesma fonte, apenas a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, participarão na reunião pelo lado europeu, não estando prevista a presença dos chefes de Estado ou de Governo dos 27 países-membros da UE.

Durante a visita de Zelensky à capital federal norte-americana, Joe Biden anunciou um novo pacote de ajuda militar à Ucrânia no valor de 1,85 mil milhões de dólares (1,75 mil milhões de euros), incluindo, pela primeira vez, o sistema de mísseis Patriot que os ucranianos pediam há meses.

A nível mais simbólico, a viagem de Zelensky a Washington foi também marcada pela entrega ao Congresso de uma bandeira ucraniana assinada pelos militares do país e pelo facto de, durante toda a visita, o Presidente ucraniano ter trajado o uniforme militar, mesmo dentro da Sala Oval (gabinete presidencial na Casa Branca).

PMC // SCA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS