UE com novos embaixadores na Guiné-Bissau, Moçambique e Timor-Leste e um português no Níger

O chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, anunciou hoje a nomeação de 31 chefes de delegação da União Europeia em países terceiros, entre os quais Guiné-Bissau, Moçambique e Timor-Leste, contando-se ainda a escolha de um diplomata português para o Níger.

UE com novos embaixadores na Guiné-Bissau, Moçambique e Timor-Leste e um português no Níger

UE com novos embaixadores na Guiné-Bissau, Moçambique e Timor-Leste e um português no Níger

O chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, anunciou hoje a nomeação de 31 chefes de delegação da União Europeia em países terceiros, entre os quais Guiné-Bissau, Moçambique e Timor-Leste, contando-se ainda a escolha de um diplomata português para o Níger.

Em comunicado, o Serviço Europeu de Ação Externa (SEAE), o corpo diplomático da UE, anuncia que o Alto-Representante para a Política Externa nomeou o letão Artis Bertulis para liderar a delegação do bloco europeu na Guiné-Bissau, o italiano Antonino Maggiore para Moçambique e o alemão Marc Fiedrich para Timor-Leste, enquanto o diplomata português Salvador Pinto da França Roux será o chefe da delegação da UE no Níger.

O futuro representante da UE na Guiné-Bissau é atualmente embaixador da Letónia para a Índia e Sri Lanka, tendo já exercido o mesmo cargo em Itália, Albânia, Malta e São Marino, e sido representante permanente da Letónia junto da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO). Bertulis sucede à portuguesa Sónia Neto, que exerceu o cargo nos últimos três anos.

Já o novo chefe da delegação da UE em Moçambique, Antonino Maggiore, é atualmente o embaixador de Itália para a Zâmbia, Maláui e o Mercado Comum da África Oriental e Austral (COMESA), tendo também já sido o chefe de divisão para a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional de Itália.

Por seu lado, o novo chefe da delegação da UE em Díli, Fiedrich, é atualmente diretor interino do Serviço de Instrumentos de Política Externa no seio da Comissão Europeia, tendo no início da sua carreira desempenhado funções na delegação da UE na Venezuela.

Entre os 31 novos chefes de delegação hoje nomeados, conta-se um português, o diplomata Salvador Pinto da França Roux, atualmente chefe da secção Política, Imprensa e Informação da delegação da UE no Mali, e que já serviu como chefe de missão adjunto e chefe da secção política na embaixada de Portugal no Egito, e que irá liderar a delegação da União no Níger.

Da lista hoje divulgada pelo SEAE, destaque também para a nomeação de dois novos chefes de delegação da UE na Rússia e na China, duas potências com as quais a União Europeia tem atualmente relações tensas.

Para Moscovo, foi nomeado o francês Roland Galharague, atual embaixador de França na Malásia e que, no Ministério dos Negócios Estrangeiros francês, já foi diretor responsável pela Rússia e Ucrânia, enquanto o espanhol Jorge Toledo Albiñana, atual embaixador de Espanha no Japão e antigo secretário de Estado dos Assuntos Europeus do Governo espanhol, será o novo embaixador da UE em Pequim.

O Serviço Europeu de Ação Externa aponta que estas nomeações serão formalizadas assim que as autoridades de cada país derem o seu ‘agrément’ (aprovação).

ACC // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS