Ucrânia: Turquia apela à ajuda da Rússia para retirar cidadãos de Marioupol

A Turquia pediu hoje ajuda à Rússia para retirar os cidadãos da cidade de Marioupol, na Ucrânia, através de declarações do seu ministro dos Negócios Estrangeiros na imprensa.

Ucrânia: Turquia apela à ajuda da Rússia para retirar cidadãos de Marioupol

Ucrânia: Turquia apela à ajuda da Rússia para retirar cidadãos de Marioupol

A Turquia pediu hoje ajuda à Rússia para retirar os cidadãos da cidade de Marioupol, na Ucrânia, através de declarações do seu ministro dos Negócios Estrangeiros na imprensa.

“Chamámos [o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov] ontem [sábado] e pedimos sua ajuda para retirar os nossos cidadãos”, afirmou Mevlüt Cavusoglu, citado pela agência noticiosa France-Presse.

No sábado, uma mesquita que abrigava 80 civis, incluindo turcos, foi bombardeada em Mariupol, um porto no sudeste da Ucrânia, onde milhares de pessoas estão cercadas há dias, segundo o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia.

Marioupol tem sido uma das cidades mais devastadas pelo seu porto estratégico e onde tem sido mais difícil haver corredores humanitários para a retirada de civis devido aos constantes bloqueios.

A Rússia lançou a 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já causou pelo menos 564 mortos e mais de 982 feridos entre a população civil e provocou a fuga de cerca de 4,5 milhões de pessoas, entre as quais 2,5 milhões para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

FCC // ZO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS