Turquia denuncia execução de 13 turcos sequestrados pelo PKK

A Turquia denunciou hoje terem sido executados pelos curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) treze turcos sequestrados antes de 2015, numa caverna no norte do Iraque.

Turquia denuncia execução de 13 turcos sequestrados pelo PKK

Turquia denuncia execução de 13 turcos sequestrados pelo PKK

A Turquia denunciou hoje terem sido executados pelos curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) treze turcos sequestrados antes de 2015, numa caverna no norte do Iraque.

O chefe do Estado-Maior, general Yasar Guler, em declarações à agência de notícias turca Anadolu, disse que as treze pessoas – que alguns meios de comunicação, citados pela agência, identificam como militares – foram encontradas com balas na cabeça numa caverna na região iraquiana de Gara, a cerca de 30 quilómetros da fronteira com a Turquia.

“Gostaria de ter retirado os nossos treze cidadãos vivos da região. Mas os assassinos martirizaram esses inocentes desarmados num massacre”, acrescentou o ministro da Defesa turco, Hulusi Akar.

Segundo as mesmas fontes, terá sido lançada esta quarta-feira uma operação terrestre e aérea, na qual foram mortos 48 membros do PKK, uma organização considerada terrorista pela Turquia, Estados Unidos e União Europeia, e que tem bases no norte do Iraque.

Mais de 40 mil pessoas morreram na guerra entre o exército turco e o PKK desde 1984, quando começou a luta para exigir a autodeterminação de 15 milhões de curdos que vivem na Turquia.

VP // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS