Trump diz que China devia investigar negócios da família Biden

O Presidente dos EUA, Donald Trump, disse hoje que a China devia investigar Hunter Biden, o filho do ex-vice-Presidente e candidato às eleições primárias Democratas Joe Biden, por causa dos seus negócios naquele país.

Trump diz que China devia investigar negócios da família Biden

Trump diz que China devia investigar negócios da família Biden

O Presidente dos EUA, Donald Trump, disse hoje que a China devia investigar Hunter Biden, o filho do ex-vice-Presidente e candidato às eleições primárias Democratas Joe Biden, por causa dos seus negócios naquele país.

Donald Trump está a enfrentar um inquérito para destituição no Congresso, depois de ter sido alvo de uma denúncia de ter pressionado o Presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, para investigar a família Biden e os seus negócios na Ucrânia, sendo acusado de abuso de poder presidencial para prejudicar um adversário político.

O Presidente norte-americano nega ter tido algum gesto inapropriado junto de Zelenskiy, disse que tudo não passa de uma “caça às bruxas”, destinada a prejudicar a campanha para a sua reeleição em 2020, e tem pedido para que as autoridades e os ‘media’ investiguem uma alegada pressão de Joe Biden, quando era vice-Presidente de Barack Obama, para travar um inquérito na Ucrânia sobre os negócios do filho com uma empresa ucraniana, e as influências para o ajudar em negócios na China.

Hoje, Donald Trump disse que também a China “deve iniciar uma investigação sobre Biden”, alegando que “o que aconteceu na China é tão mau como o que aconteceu na Ucrânia.

Em declarações aos jornalistas, na Casa Branca, o Presidente norte-americano esclareceu que ainda não tinha feito esse pedido ao seu homólogo chinês, Xi Jinping, mas que isso “certamente” é algo em que poderá “começar a pensar”.

Trump e o seu advogado pessoal Rudy Giuliani têm lançado suspeitas sobre os negócios de Hunter Biden na China, apoiando-se nas investigações do autor conservador Peter Schweizer, que tem escrito sobre alegadas evidências de benefícios financeiros em troca de decisões diplomáticas do pai que favoreciam o regime de Pequim, quando era vice-Presidente dos EUA.

RJP // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS