Tripulantes da PGA aprovam acordo de emergência na TAP

Os tripulantes da Portugália aprovaram hoje o acordo de emergência na TAP, com 156 votos a favor e nove contra, segundo uma nota do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil.

Tripulantes da PGA aprovam acordo de emergência na TAP

Tripulantes da PGA aprovam acordo de emergência na TAP

Os tripulantes da Portugália aprovaram hoje o acordo de emergência na TAP, com 156 votos a favor e nove contra, segundo uma nota do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil.

Redação, 25 fev 2021 (Lusa) — Os tripulantes da Portugália aprovaram hoje o acordo de emergência na TAP, com 156 votos a favor e nove contra, segundo uma nota do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) a que a Lusa teve acesso.

A estrutura e a Portugália (PGA) acordaram cortes nos salários dos tripulantes de cabina de 25% entre 2021 e 2023 e 20% em 2024, aplicáveis à parcela acima dos 1.330 euros.

Este corte – que abrange a parte que excede os 1.330 euros considerando o total ilíquido do vencimento base e de todas as prestações retributivas ou de outra natureza, com exceção das ajudas de custo – consta da versão final do acordo de emergência a que chegaram o sindicato e a administração da companhia, este mês.

O acordo abrange os “cerca de 180 tripulantes de cabina” da Portugália Airlines (PGA) representados pelo sindicato.

Votaram online 165 tripulantes.

 

ALYN/MSF (PD) // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS