Trabalhadores da Docapesca marcaram greve para 08 de setembro

Os trabalhadores da Docapesca marcaram uma greve para dia 08 de setembro em defesa de aumentos salariais e da revisão do Acordo de Empresa, impedidos pelo Ministério das Finanças, foi hoje divulgado pelo seu sindicato.

Trabalhadores da Docapesca marcaram greve para 08 de setembro

Trabalhadores da Docapesca marcaram greve para 08 de setembro

Os trabalhadores da Docapesca marcaram uma greve para dia 08 de setembro em defesa de aumentos salariais e da revisão do Acordo de Empresa, impedidos pelo Ministério das Finanças, foi hoje divulgado pelo seu sindicato.

O Sindicato dos Trabalhadores da Marinha Mercante, Agências de Viagens, Transitários e Pesca (SIMAMEVIP) emitiu na terça-feira um pré-aviso de greve dirigido à administração da Docapesca, ao Ministério do Mar e ao Ministério do Trabalho, a informar que a paralisação de 24 horas será a todo o trabalho.

O coordenador do sindicato, Paulo Lopes, disse à agência Lusa que o conflito laboral tem a ver com o facto de o Ministério das Finanças não ter permitido a melhoria das remunerações dos trabalhadores da Docapesca, previamente acordada com a empresa.

A Docapesca integra o Setor Empresarial do Estado, por isso a alteração das remunerações tem se ser aprovada pela tutela e pelas Finanças.

“O problema não foi com a empresa, com a qual chegámos a um entendimento em junho, depois de vários meses de negociação, nem com a secretaria de Estado das Pescas e o Ministério do Mar, mas sim com o Ministério das Finanças”, disse o sindicalista.

Segundo Paulo Lopes, o acordo “chumbado pelo Ministério das Finanças” previa aumentos entre os 4% e os 5% para a maioria dos trabalhadores e de mais de 10% para os salários mais baixos, que correspondem ao salário mínimo nacional (SMN).

Estavam ainda previstas melhorias nas carreiras e a fixação do salário mais baixo da empresa nos 750 euros, para se diferenciar do SMN.

“Esta é uma empresa altamente rentável, por isso não há qualquer motivo para os salários não serem revistos”, afirmou Paulo Lopes.

Face à situação, os trabalhadores da Docapesca reuniram em plenário e assinaram um documento a exigir a marcação de uma greve.

De acordo com o pré-aviso de greve emitido, os trabalhadores cujo horário de trabalho seja prestado maioritariamente no dia 08 de setembro, mas cujo início ocorra ainda no dia 07, iniciarão a greve de 24 horas no seu horário de entrada.

“O sindicato signatário e os trabalhadores declaram que assegurarão a prestação dos serviços mínimos e necessários, em caso de emergência ou perigo iminente e, ainda, os que se revelem necessários à segurança das embarcações e instalações”, assegura o pré-aviso do SIMAMEVIP.

RRA // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS