Trabalhadores da Autoeuropa querem aumento extraordinário de 5% em dezembro

A Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa exige um aumento extraordinário de 5% em dezembro, com retroativos desde julho, que permita recuperar o poder de compra perdido devido à elevada taxa de inflação deste ano, foi hoje anunciado.

Trabalhadores da Autoeuropa querem aumento extraordinário de 5% em dezembro

Trabalhadores da Autoeuropa querem aumento extraordinário de 5% em dezembro

A Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa exige um aumento extraordinário de 5% em dezembro, com retroativos desde julho, que permita recuperar o poder de compra perdido devido à elevada taxa de inflação deste ano, foi hoje anunciado.

“Consideramos que se trata de uma proposta justa para dar resposta àquilo que foi o contexto da negociação, e que na realidade se veio a verificar, no que diz respeito à subida da inflação”, disse o coordenador da CT da Autoeuropa, Rogério Nogueira, à agência Lusa.

“A empresa tem todas as condições para fazer um aumento salarial extraordinário, pois o volume de produção [em 2022] vai certamente ser muito acima do que estava inicialmente previsto. E esse feito deve-se aos trabalhadores, que merecem ser compensados”, defendeu o representante dos trabalhadores da fábrica de automóveis da Volkswagen em Palmela, no distrito de Setúbal.

Em comunicado aos trabalhadores divulgado esta sexta-feira, a CT da Autoeuropa adianta que, além do aumento extraordinário de 5% em dezembro, a proposta que foi hoje oficialmente apresentada à administração da empresa reclama também uma atualização salarial de mais 2% a partir de janeiro de 2023, tal como está previsto no Acordo Empresa (AE). 

   De acordo com a proposta, esta atualização salarial de 2% deverá ser ainda acrescida da taxa de inflação verificada este ano, descontando os 5% do aumento extraordinário que a CT da Autoeuropa pretende que seja paga já em dezembro próximo.

   No comunicado aos trabalhadores, a CT garante que “continua empenhada e determinada a atingir este objetivo e conta com o apoio de todos os trabalhadores para o fazer”. 

“Entendemos, e já comunicámos por diversas vezes à empresa, que, face ao volume de produção previsto para este ano, a Autoeuropa tem todas as condições para aplicar um aumento salarial extraordinário”, refere o documento.

  De acordo com a CT da Autoeuropa, a administração da fábrica da Volkswagen em Palmela comprometeu-se a apresentar uma proposta aos trabalhadores já na próxima semana.

 Para os trabalhadores se pronunciarem sobre essa proposta, a CT tem já prevista a realização de vários plenários, em data a anunciar, no período de 07 a 13 de novembro.

 

GR // MSF

Lusa/Fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS