Timor-Leste candidata-se ao Conselho de Direitos Humanos da ONU em 2024-2026

O Governo timorense aprovou hoje a candidatura de Timor-Leste como membro do Conselho de Direitos Humanos da Organizac¸a~o das Nac¸o~es Unidas (ONU), para o peri´odo de 2024 a 2026.

Timor-Leste candidata-se ao Conselho de Direitos Humanos da ONU em 2024-2026

Timor-Leste candidata-se ao Conselho de Direitos Humanos da ONU em 2024-2026

O Governo timorense aprovou hoje a candidatura de Timor-Leste como membro do Conselho de Direitos Humanos da Organizac¸a~o das Nac¸o~es Unidas (ONU), para o peri´odo de 2024 a 2026.

Em comunicado, o executivo explica que a resolução do Governo foi aprovada com base numa proposta apresentada pela ministra dos Negócios Estrangeiros, Adaljiza Magno.

O Conselho dos Direitos Humanos tem 47 membros, eleitos pela maioria dos Estados da Assembleia Geral da ONU para um mandato de três anos, enquanto os países restantes mantêm estatuto de observadores, recordou o executivo.

A distribuição de assentos é feita de acordo com uma representação geográfica equitativa (13 do grupo dos países africanos, 13 do grupo dos países asiáticos, sete do grupo dos países do Leste europeu, oito do grupo dos países da América Latina e das Caraíbas, e sete do grupo dos países da Europa Ocidental e outros).

 

ASP // LFS 

Lusa/Fim

 

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS