Televisão pública espanhola restabelece emissões vandalizadas antes de início de votação

A televisão pública espanhola RTVE já restabeleceu as suas emissões na comunidade da Catalunha depois de dois centros de telecomunicações terem sido alvo de atos de vandalismo esta madrugada, antes da abertura das assembleias de voto para as eleições regionais.

Televisão pública espanhola restabelece emissões vandalizadas antes de início de votação

Televisão pública espanhola restabelece emissões vandalizadas antes de início de votação

A televisão pública espanhola RTVE já restabeleceu as suas emissões na comunidade da Catalunha depois de dois centros de telecomunicações terem sido alvo de atos de vandalismo esta madrugada, antes da abertura das assembleias de voto para as eleições regionais.

A televisão pública espanhola RTVE já restabeleceu as suas emissões na comunidade da Catalunha depois de dois centros de telecomunicações terem sido alvo de atos de vandalismo esta madrugada, antes da abertura das assembleias de voto para as eleições regionais.

A RTVE explicou num comunicado que foi uma das empresas de telecomunicações afetadas mas que, ao início da tarde, praticamente todos os serviços afetados já estavam a funcionar, tanto nas emissões da TVE como da RNE (Rádio Nacional de Espanha).

A empresa condenou os atos de vandalismo, que, argumenta, “tentaram comprometer as telecomunicações a meio do dia das eleições” na Catalunha.

A polícia já está a investigar o sucedido em duas torres de telecomunicação onde foi incendiada a cablagem, cortando as emissões da Televisão Digital Terrestre (TDT) e danificando o serviço de telefonia móvel.

Apesar dos danos causados pelo fogo, não houve danos pessoais.

As eleições para o parlamento regional estão a correr normalmente, tendo havido até às 12:00 (11:00 de Lisboa) uma taxa de participação de 22,59 por cento, 12 pontos menos do que nas eleições de 2017.

A consulta eleitoral tem lugar num contexto de forte aumento dos casos de covid-19, depois da época do Natal, que ajudam ao aumento da abstenção, o que torna mais imprevisível o resultado final.

Os partidos independentistas vão tentar manter a maioria que têm há quase 10 anos nesta região espanhola, onde é provável que o candidato socialista seja o mais votado.

As mesas de voto abriram às 09:00 (08:00 de Lisboa) com todas as precauções sanitárias e vão encerrar às 20:00 (19:00) após uma última hora reservada para votação dos eleitores com covid-19 ou em quarentena.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS