TAP: Foi retirada conclusão política e bem retirada

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou hoje que “foi retirada, e bem retirada” a “conclusão política” do caso da secretária de Estado Alexandra Reis, defendendo que só havia uma solução após terem sido prestados esclarecimentos.

TAP: Foi retirada conclusão política e bem retirada

TAP: Foi retirada conclusão política e bem retirada

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou hoje que “foi retirada, e bem retirada” a “conclusão política” do caso da secretária de Estado Alexandra Reis, defendendo que só havia uma solução após terem sido prestados esclarecimentos.

“É muito simples: uma vez apresentados os esclarecimentos era evidente que só havia uma solução, que foi aquela que foi seguida. Era evidente que realmente em termos, como eu assinalei desde o início, que era importante apurar a questão política, não tanto ética mas política, e não apenas jurídica. E foi retirada a conclusão política, e bem retirada”, defendeu.

Marcelo Rebelo de Sousa falava aos jornalistas à margem das comemorações dos 250 anos do Farol do Cabo da Roca, no concelho de Sintra, acrescentando que ainda não lhe foi apresentado um nome para substituir a secretária de Estado do Tesouro, Alexandra Reis, e que ainda não sabe se dará posse a um novo governante até ao final do ano.

“Não sei, estamos no dia 28, eu no dia 30 tenho que ir para o Brasil [tomada de posse de Lula da Silva] e, portanto, veremos se entre 28 e 30 há condições para haver a nomeação e a tomada de posse”, respondeu.

O ministro das Finanças, Fernando Medina, demitiu na terça-feira a secretária de Estado do Tesouro, menos de um mês depois de Alexandra Reis ter tomado posse e após quatro dias de polémica com a indemnização de 500 mil euros da TAP.

ARL // SF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS