Talibãs chicoteiam publicamente 28 civis no norte e leste do Afeganistão

Membros do movimento talibã chicotearam hoje publicamente 28 civis, incluindo cinco mulheres, perante centenas de espetadores em duas províncias no norte e no leste do Afeganistão.

Talibãs chicoteiam publicamente 28 civis no norte e leste do Afeganistão

Talibãs chicoteiam publicamente 28 civis no norte e leste do Afeganistão

Membros do movimento talibã chicotearam hoje publicamente 28 civis, incluindo cinco mulheres, perante centenas de espetadores em duas províncias no norte e no leste do Afeganistão.

Um total 22 pessoas, incluindo três mulheres, foram punidas no estádio Mariscal Dostum, na cidade de Shebergan, capital de Jaujzan, disseram fontes locais ao jornal ‘Hasht e Subh’, que pediram anonimato.

Além destas pessoas, outras seis, incluindo duas mulheres, foram espancadas no mercado de Sherwani, na província de Kapisa, esclareceram as mesmas fontes.

Os fundamentalistas têm dado, por regra, a cada condenado entre 30 e 50 chicotadas por motivos como roubo, adultério ou simplesmente fuga de casa.

Este tipo de prática tem sido condenada pela comunidade internacional.

O escritório das Nações Unidas para os Direitos Humanos manifestou-se, no final de novembro, “desolado” sobre o uso de chicotadas como punição pública pelos talibãs desde que regressaram ao poder no Afeganistão.

Recentemente, o líder talibã, Mullah Hebatullah Akhundzada, ordenou aos juízes afegãos para aplicarem totalmente a ‘sharia’ – lei islâmica – contra aqueles que cometem crimes que podem ser punidos até mesmo com amputações públicas ou lapidação por crimes como roubo, sequestro ou sedição.

JS // NS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS