Sudão do Sul vai mediar confilito entre Governo do Sudão e os rebeldes

Sudão do Sul vai mediar confilito entre Governo do Sudão e os rebeldes

O Sudão do Sul vai mediar na capital do país, Juba, as negociações entre o Governo do Sudão e os rebeldes do Nilo Azul e Kordofan do Sul, que travam um conflito armado desde o verão de 2011.

O secretário de imprensa do Governo sudanês, Wek Ateny, disse à agência Efe que o Presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, terá no início da próxima semana reuniões conjuntas com os representantes do Governo do Sudão e do Movimento Popular de Libertação do Sudão-Setor Norte (MLPS-N).

Ateny destacou que “Kiir é a pessoa adequada para mediar entre o Governo do Sudão e o MLPS-N, pelas ligações históricas que tem com os dirigentes” da organização, de que o Presidente do Sudão do Sul foi líder, antes da independência do seu país, em 2011.

O líder rebelde de Kordofan do Sul, Abdelaziz al Helu, e o comandante do Nilo Azul, Malek Eqar, trabalharam com Kiir durante “a luta armada”, em alusão à guerra civil, iniciada em 1983, que terminou com o acordo de paz entre os rebeldes e o Governo sudanês em 2005.

No domingo, o porta-voz do braço do movimento liderado por Eqar acolheu bem a iniciativa de Kiir, que visa “unificar os grupos do MLPS-N, com o propósito de chegar a uma solução global para colocar um fim à guerra no Nilo Azul e Kordofan do Sul”.

O Movimento Popular que opera nos estados do Nilo Azul e de Kordofan do Sul foi dividido em março passado em dois braços, um sob a liderança de Eqar e o outro de Al Helu.

O chefe da delegação de negociação do Governo sudanês, Faisal Hasan Ibrahim, anunciou que o Presidente do Sudão, Omar al Bashir, aceitou a iniciativa lançada por Juba.

Ibrahim afirmou que Kiir quer “devolver o favor a Cartum”, que recebeu as negociações entre o Governo do Sudão do Sul e a oposição armada, entre junho e agosto, até à assinatura de um acordo de paz, que já entrou em vigor.

Sudão e Sudão do Sul dividiram-se em 2011 depois de um referendo no Sudão do Sul e as relações entre os dois países africanos ficaram tensas nos últimos anos até à mediação bem-sucedida de Cartum no conflito do Sudão do Sul.

JOP // JH

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Sudão do Sul vai mediar confilito entre Governo do Sudão e os rebeldes

O Sudão do Sul vai mediar na capital do país, Juba, as negociações entre o Governo do Sudão e os rebeldes do Nilo Azul e Kordofan do Sul, que travam um conflito armado desde o verão de 2011.