São Tomé e Príncipe vai instalar embaixada na capital marroquina

A ministra são-tomense dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades garantiu hoje que o seu país vai instalar uma embaixada na capital marroquina, Rabat, nos próximos 15 dias, depois de inaugurar, na semana passada, um consulado geral em El Aiune.

São Tomé e Príncipe vai instalar embaixada na capital marroquina

São Tomé e Príncipe vai instalar embaixada na capital marroquina

A ministra são-tomense dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades garantiu hoje que o seu país vai instalar uma embaixada na capital marroquina, Rabat, nos próximos 15 dias, depois de inaugurar, na semana passada, um consulado geral em El Aiune.

“Já existe um compromisso para nos próximos 15 dias vermos instalada esta missão diplomática. É um espaço que passa a ser mais representativo, que pode marcar a relação entre os dois países”, justificou Elsa Pinto, que regressou na terça-feira de Marrocos.

A governante são-tomense inaugurou, na semana passada, um consulado geral na cidade de El Aiune, numa cerimónia em que esteve presente o seu homólogo marroquino e altos representantes do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades de São Tomé e Príncipe.

Elsa Pinto considerou este consulado geral como uma área que vai, sobretudo, “atender a comunidade são-tomense e responder às questões administrativas que os são-tomenses precisam num determinado espaço”.

A governante justificou que o seu país tem atualmente uma comunidade de 210 estudantes em Marrocos, que precisam de atendimento administrativo, levando a que o consulado seja como que “uma extensão do Estado são-tomense em Marrocos”.

Elsa Pinto disse que durante a sua estadia em Marrocos chegou a acordo com o reino de Marrocos na vertente da concertação político diplomática.

“As duas partes decidiram estabelecer um espaço de análise periódica sobre aquilo que são os interesses de São Tomé e Príncipe e do reino de Marrocos sobre as questões político diplomáticas”, afirmou a chefe da diplomacia são-tomense.

A ministra salientou que Marrocos constitui “uma ponte muito importante” de acesso do seu país aos países do médio oriente.

Elsa Pinto revelou que um acordo formal nesse sentido vai ser assinado entre os dois países durante a próxima cimeira de União Africana, que vai acontecer de 06 a 10 do próximo mês.

“Vamos celebrar um protocolo de acordo com o Marrocos onde vão ficar estabelecidas as várias linhas de atuação que vamos ter doravante com Marrocos”, explicou.

MYB // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS