Santos Silva afirma que PS está disponível para alargar ‘geringonça’

O ministro dos Negócios Estrangeiros, afirmou hoje, no Porto, que o Partido Socialista está “disponível” para uma renovação e alargamento da ‘geringonça’ a outros partidos políticos.

Santos Silva afirma que PS está disponível para alargar 'geringonça'

Santos Silva afirma que PS está disponível para alargar ‘geringonça’

O ministro dos Negócios Estrangeiros, afirmou hoje, no Porto, que o Partido Socialista está “disponível” para uma renovação e alargamento da ‘geringonça’ a outros partidos políticos.

Questionado pela Lusa sobre a vitória do Partido Socialistas (PS) nas legislativas de domingo, Augusto Santos Silva, que concorreu pelo círculo eleitoral Fora da Europa, [os resultados dos círculos da emigração ainda não estão apurados] defendeu hoje que “a mensagem do eleitorado” foi “clara”.

“A mensagem do eleitorado é o reforço da posição do PS, tal como nós tinhamos dito, o país precisa de estabilidade e a estabilidade governativa precisa do reforço do Partido Socialista”, defendeu o ministro dos Negócios Estrangeiros, à margem da sessão de abertura da primeira reunião do Conselho da Ortografia da Língua Portuguesa, que decorreu no Porto.

Santos Silva referiu que a mensagem do eleitorado foi também “clara” no sentido de dar “continuidade à atual fórmula política” e adiantou que, tal como o secretário-geral do PS disse este domingo, o “Partido Socialista está disponível para uma renovação e alargamento da geringonça”.

O PS venceu as eleições legislativas de domingo sem maioria absoluta e terá de tentar a repetição de uma solução de Governo à esquerda, numa eleição marcada pela derrota histórica da direita e pela entrada de três novos partidos no parlamento.

Com 36,6% dos votos, o PS de António Costa vê legitimada a governação, mas com 106 deputados – quando falta apurar os resultados para eleger quatro mandatos no estrangeiro – fica obrigado a tentar nova solução de Governo à esquerda, que poderá ser alargada ao PAN e ao Livre, que elegeu pela primeira vez uma deputada (Joacine Katar Moreira).

De acordo com uma nota publicada hoje no ‘site’ da Presidência, o Presidente da República vai ouvir na terça-feira os partidos com representação parlamentar a começar pelo Livre, às 11:30, e terminando com o PS, às 20:00, tendo em vista a indigitação do primeiro-ministro.

SPYC (JPS)// SF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS