Santana critica Costa por se contentar “com pouco” em termos de crescimento económico

O presidente da Aliança, Pedro Santana Lopes, defendeu hoje que Portugal “tem de crescer mais do que a União Europeia” em termos económicos, criticando o primeiro-ministro por se satisfazer “com pouco”.

Santana critica Costa por se contentar

Santana critica Costa por se contentar “com pouco” em termos de crescimento económico

O presidente da Aliança, Pedro Santana Lopes, defendeu hoje que Portugal “tem de crescer mais do que a União Europeia” em termos económicos, criticando o primeiro-ministro por se satisfazer “com pouco”.

Pedro Santana Lopes foi o convidado de um almoço promovido pela Associação de Amizade Portugal/Estados Unidos da América, que decorreu num hotel de Lisboa.

Falando aos jornalistas no final da iniciativa, o líder do partido começou por constatar que “na Europa aconteceu que houve um abrandamento do crescimento por causa das guerras comerciais [entre a] China e Estados Unidos”.

“E o primeiro-ministro fica muito satisfeito que nós estejamos uma décima à frente”, apontou, salientando que António Costa “satisfaz-se com pouco” em termos de crescimento económico.

Apontando que o socialista “satisfaz-se com 2,1%, 2,2%, 1,8%, 1,7%”, Santana notou que “os países da Europa oriental crescem 4%”.

“Porquê? São melhores [do] que nós? Eu acho que não, nós somos melhores [do] que eles”, assinalou o antigo primeiro-ministro, deixando uma outra pergunta: “Como é que o primeiro-ministro explica que, se estamos à frente em matéria de convergência, estamos a convergir com os países da Europa oriental, nos passem à frente no ‘ranking’ do PIB per capita? É porque crescem mais do que nós”.

Na opinião do presidente da Aliança, Portugal terá de fazer um esforço maior.

“Nós temos de crescer bem mais do que a União Europeia para recuperarmos o atraso — o atraso para chegar à média europeia, não é para irmos para o primeiro lugar — e para não continuarmos a ser ultrapassados por países da Europa oriental, que aderiram à União Europeia 20 anos depois de nós”, assinalou.

FYM // LIL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS