Sampaio: Socialistas europeus expressam tristeza e recordam lema «25 de abril, sempre!»

O Partido Socialista Europeu (PSE) expressou hoje a sua tristeza com a notícia da morte do antigo Presidente da República Jorge Sampaio, “um defensor dos governos progressistas”.

Sampaio: Socialistas europeus expressam tristeza e recordam lema «25 de abril, sempre!»

Sampaio: Socialistas europeus expressam tristeza e recordam lema «25 de abril, sempre!»

O Partido Socialista Europeu (PSE) expressou hoje a sua tristeza com a notícia da morte do antigo Presidente da República Jorge Sampaio, “um defensor dos governos progressistas”.

O Partido Socialista Europeu (PSE) expressou hoje a sua tristeza com a notícia da morte do antigo Presidente da República Jorge Sampaio, “um defensor dos governos progressistas”.

“Tristes ao tomar conhecimento da morte do antigo Presidente de Portugal Jorge Sampaio, um defensor dos governos progressistas”, lê-se numa publicação em inglês na conta oficial do partido na rede social Twitter, que termina, em português, com a emblemática frase «25 de abril, sempre!», da autoria do antigo chefe de Estado.

O PSE partilhou também uma publicação da delegação do PS ao Parlamento Europeu na mesma rede social a lamentar o desaparecimento de “um homem bom, culto, solidário”.

“Partiu um homem bom, culto, solidário. Um pilar da nossa democracia, um socialista convicto e um defensor do projeto europeu. Um grande Presidente da República e um lutador pela compreensão entre os povos”, lê-se.

O antigo Presidente da República Jorge Sampaio morreu hoje aos 81 anos.

O ex-chefe de Estado estava internado desde dia 27 de agosto no Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, com dificuldades respiratórias.

Jorge Sampaio foi secretário-geral do PS (1989-1992), presidente da Câmara Municipal de Lisboa (1990-1995) e Presidente da República (1996 e 2006).

Após a passagem pela Presidência da República, foi nomeado em 2006 pelo secretário-geral da Organização das Nações Unidas enviado especial para a Luta contra a Tuberculose e entre 2007 e 2013 foi alto representante da ONU para a Aliança das Civilizações.

Atualmente presidia à Plataforma Global para os Estudantes Sírios, fundada por si em 2013 com o objetivo de contribuir para dar resposta à emergência académica que o conflito na Síria criara, deixando milhares de jovens para trás sem acesso à educação.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS