Salários da Administração Pública da Guiné-Bissau vão ser todos pagos no banco 

O Conselho de Ministros da Guiné-Bissau, reunido hoje, deliberou começar a pagar todos os salários da Administração Pública através das instituições bancárias.

Salários da Administração Pública da Guiné-Bissau vão ser todos pagos no banco 

Salários da Administração Pública da Guiné-Bissau vão ser todos pagos no banco 

O Conselho de Ministros da Guiné-Bissau, reunido hoje, deliberou começar a pagar todos os salários da Administração Pública através das instituições bancárias.

O Conselho de Ministros deliberou “aplicar, sem exceções, o princípio da bancarização dos salários da Administração Pública em todos os departamentos governamentais e instituições da República”, pode ler-se no comunicado divulgado à imprensa.

A deliberação foi tomada na sequência do anúncio do ministro das Finanças, João Fadiá, sobre o teor do Memorando Técnico acordado entre as autoridades guineenses e o Fundo Monetário Internacional, relativamente às metas “quantitativas e medidas estruturais” do Programa de Referência Monitorizado pelo Corpo Técnico do FMI.

Nesse sentido, o Governo guineense pediu também um “maior envolvimento” dos membros governamentais na “implementação das medidas de contenção de despesas a nível de todos os departamentos governamentais, particularmente as relativas ao aumento exponencial da massa salarial na Administração Pública”.

MSE // VM

Lusa/Fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS