Rússia vai convidar talibãs para negociações internacionais em Moscovo

A Rússia vai convidar os talibãs a participarem nas negociações internacionais sobre o Afeganistão que se realizam a 20 de outubro em Moscovo.

Rússia vai convidar talibãs para negociações internacionais em Moscovo

Rússia vai convidar talibãs para negociações internacionais em Moscovo

A Rússia vai convidar os talibãs a participarem nas negociações internacionais sobre o Afeganistão que se realizam a 20 de outubro em Moscovo.

A Rússia vai convidar os talibãs a participarem nas negociações internacionais sobre o Afeganistão que se realizam a 20 de outubro em Moscovo, anunciou nesta quinta-feira o emissário do Kremlin para o país, citado pelas agências noticiosas russas. Questionado sobre um convite ao regime talibã, que em agosto assumiu o poder no Afeganistão após a retirada das forças norte-americanas, o emissário russo, Zamir Kabulov, respondeu afirmativamente. Não precisou, no entanto, quem do regime talibã será convidado para as discussões.

A China, o Irão, o Paquistão e a Índia, que com a Rússia formam o designado “formato de Moscovo” sobre o Afeganistão, também foram convidados para estas discussões internacionais, cuja agenda ou nível de representação não foram detalhados. A realização da conferência está prevista para depois de uma cimeira extraordinária do G20 dedicada à crítica situação humanitária no Afeganistão, a 12 de outubro. Kabulov disse hoje que a Rússia está a analisar como será enviada a ajuda humanitária para o Afeganistão, adiantando que “está a ser recolhido material para envio”.

Antes da sua chegada ao poder, os talibãs estiveram em março em Moscovo, onde participaram numa reunião sobre o Afeganistão com representantes da Rússia, Estados Unidos, China, Paquistão e do governo afegão da altura. Mas Moscovo considera o movimento talibã como terrorista e Kabulov indicou que a Rússia não tem pressa de analisar a questão do levantamento das sanções da ONU que visam os fundamentalistas islâmicos.

 

LEIA AINDA
Talibãs querem proibir cabeleireiros de aparar e cortar barbas

Impala Instagram


RELACIONADOS