Rui Rio quer diretas em 20 de novembro e congresso em 11 e 12 de dezembro

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou hoje que vai propor a antecipação das eleições diretas no partido para 20 de novembro, com posterior congresso em 11 e 12 de dezembro.

Rui Rio quer diretas em 20 de novembro e congresso em 11 e 12 de dezembro

Rui Rio quer diretas em 20 de novembro e congresso em 11 e 12 de dezembro

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou hoje que vai propor a antecipação das eleições diretas no partido para 20 de novembro, com posterior congresso em 11 e 12 de dezembro.

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou hoje que vai propor a antecipação das eleições diretas no partido para 20 de novembro, com posterior congresso em 11 e 12 de dezembro. Rio falava à entrada do Conselho Nacional do PSD, que vai decorrer em Aveiro e no qual deverá ser votada esta proposta.

Questionado se esta solução não violará os estatutos do PSD, como apontam apoiantes do seu opositor interno Paulo Rangel, Rio respondeu: “Estamos numa situação excecional, temos de ser capazes de encontrar uma solução excecional”.

Na última reunião do órgão máximo do partido entre Congressos, há cerca de três semanas, as eleições diretas foram marcadas para 04 de dezembro e o Congresso para 14, 15 e 16 de janeiro, havendo uma proposta de antecipação da reunião magna para entre 17 e 19 de dezembro, que tem o apoio de Paulo Rangel, e que também deverá ir a votos hoje. Na última semana, Rio continuou a defender ser uma insensatez o partido realizar eleições internas em vésperas de legislativas, mas, para não ser acusado de “temer eleições” e para “diminuir o benefício do PS”, anunciou que proporia uma antecipação das mesmas.

LEIA MAIS Federação Nacional dos Médicos suspende greve marcada para 23, 24 e 25 de novembro

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS