Ricardo Mourinho Félix designado vice-presidente do Banco Europeu de Investimento

O antigo secretário de Estado Adjunto e das Finanças, Ricardo Mourinho Félix, foi hoje designado vice-presidente do Banco Europeu de Investimento, iniciando funções na sexta-feira.

Ricardo Mourinho Félix designado vice-presidente do Banco Europeu de Investimento

Ricardo Mourinho Félix designado vice-presidente do Banco Europeu de Investimento

O antigo secretário de Estado Adjunto e das Finanças, Ricardo Mourinho Félix, foi hoje designado vice-presidente do Banco Europeu de Investimento, iniciando funções na sexta-feira.

Luxemburgo, 15 out 2020 (Lusa) – O antigo secretário de Estado Adjunto e das Finanças, Ricardo Mourinho Félix, foi hoje designado vice-presidente do Banco Europeu de Investimento (BEI), iniciando funções na sexta-feira, anunciou a instituição.

“Ricardo Mourinho Félix é o novo vice-presidente e membro do Comité de Gestão do Banco Europeu de Investimento (BEI). Assume o cargo no dia 16 de outubro [sexta-feira], sucedendo a Emma Navarro, cujo mandato termina hoje”, pode ler-se num comunicado da instituição divulgado hoje.

No dia 03 de setembro, o ministro de Estado e das Finanças, João Leão, confirmou que Ricardo Mourinho Félix tinha sido indicado pelo Governo como candidato ao cargo.

“Sim, confirmamos que o Ricardo Mourinho Félix foi indicado pelo Governo como proposta para ser o próximo vice-presidente do BEI”, disse João Leão durante um ‘briefing’ que sucedeu à reunião do Conselho de Ministros.

A notícia já tinha sido avançada pelo jornal ‘online’ Eco em 13 de agosto, que referia o recebimento de uma proposta, por parte do BEI, de uma candidatura de Portugal e Espanha para o cargo de vice-presidente, mas sem confirmar nomes.

À agência Lusa, o BEI também já tinha adiantado que tinha recebido “uma nomeação para vice-presidente de Espanha e Portugal”.

De acordo com o BEI, além da proposta do Governo português, o nome de Mourinho Félix contou “com o acordo da circunscrição acionista formada por Espanha e Portugal”.

Citado no comunicado, o antigo secretário de Estado da equipa do ex-ministro das Finanças – e atual governador do Banco de Portugal – Mário Centeno disse que “não há melhor altura para fazer parte de uma organização-chave como esta, cuja missão principal é apoiar a economia europeia, criar empregos, promover o crescimento inclusivo e sustentável e fomentar a igualdade”.

Antes de se tornar secretário de Estado Adjunto e das Finanças, em 2017, Ricardo Mourinho Félix foi secretário de Estado Adjunto, do Tesouro e Finanças desde 2015.

Antes de ir para a equipa governamental de Mário Centeno em 2015, foi coordenador da área de Conjuntura e Previsão no Departamento de Estudos Económicos do Banco de Portugal, instituição na qual, entre 2004 e 2013, coordenou o Grupo de Previsão da Economia Portuguesa.

Ricardo Mourinho Félix, nascido em Setúbal em 1974, foi também professor auxiliar convidado da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa entre 2001 e 2006.

JE // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS