Regime de Nicolás Maduro censura documentário alemão sobre emigração venezuelana

Regime de Nicolás Maduro censura documentário alemão sobre emigração venezuelana

As autoridades da Venezuela ordenaram às operadoras locais de televisão por cabo a suspensão da emissão da Deutsche Welle (DW-TV) durante a transmissão de um documentário sobre a emigração venezuelana em tempos de crise.

A ordem veio da Comissão Nacional de Telecomunicações da Venezuela (Conatel), segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Imprensa (SNTP).

“Denunciamos a censura seletiva da Conatel, ao ordenar a suspensão do sinal da DW-TV em espanhol durante a transmissão do documentário ‘Venezuela: A fuga de um Estado falido’. Uma intenção de ocultar a verdade”, acusou o SNTP na sua conta na rede social Twitter, avançando o endereço da Internet para que os venezuelanos tenham acesso ao trabalho censurado.

A suspensão da emissão da DW-TV, através das várias empresas de televisão por cabo, ocorreu hoje de manhã e prolongou-se por 45 minutos, após o que o sinal voltou a ser restabelecido.

Trata-se, segundo a imprensa venezuelana, do primeiro caso de “censura seletiva” a um programa de um canal de televisão uma vez que, no passado, o Governo venezuelano proibiu a transmissão dos canais internacionais NTN24 (Colômbia) e a versão em espanhol da norte-americana CNN.

A ordem da Conatel foi confirmada também na rede social Twitter pelas empresas de televisão por cabo.

A decisão das autoridades venezuelanas está a ser amplamente questionada pelos clientes através das redes sociais.

FPG // EL

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Regime de Nicolás Maduro censura documentário alemão sobre emigração venezuelana

As autoridades da Venezuela ordenaram às operadoras locais de televisão por cabo a suspensão da emissão da Deutsche Welle (DW-TV) durante a transmissão de um documentário sobre a emigração venezuelana em tempos de crise.