Reabilitação do Castelo de Leiria com investimento de 3,8 milhões de euros

O Castelo de Leiria vai ser alvo de uma reabilitação no valor de 3,8 milhões de euros, com o início das obras previsto para segunda-feira, anunciou hoje o vereador da Cultura do município, Gonçalo Lopes.

Reabilitação do Castelo de Leiria com investimento de 3,8 milhões de euros

Reabilitação do Castelo de Leiria com investimento de 3,8 milhões de euros

O Castelo de Leiria vai ser alvo de uma reabilitação no valor de 3,8 milhões de euros, com o início das obras previsto para segunda-feira, anunciou hoje o vereador da Cultura do município, Gonçalo Lopes.

Segundo o autarca, que apresentou esta tarde o plano de reabilitação dentro das muralhas daquele monumento nacional, as intervenções vão estender-se até 2021, abrangendo os acessos mecânicos, a Casa do Guarda, os celeiros medievais e as igrejas da Pena e de São Pedro.

“Esta é uma obra decisiva para o nosso futuro, que anda a ser planeada há muitos anos, mas que tem sofrido muitas evoluções inerentes ao facto de o castelo ser um monumento nacional e, por isso, ter obrigado a um longo processo com a tutela”, disse Gonçalo Lopes.

As intervenções são comparticipadas em 3,1 milhões de euros, no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano e do programa de Investimentos Territoriais Integrados.

As obras vão avançar faseadamente, começando na próxima segunda-feira pela Casa do Guarda, celeiros medievais e Igreja da Pena, numa empreitada adjudicada por 1,9 milhões de euros e um prazo de execução de 600 dias.

Em julho, arranca a requalificação dos acessos mecânicos dentro do castelo, cujos trabalhos representam um investimento de quase 1,7 milhões de euros, com um prazo de conclusão de 270 dias.

A reabilitação da Igreja de São Pedro já se encontra em curso, devendo estar concluída dentro de dois meses. Trata-se de uma intervenção de 190 mil euros.

“Foram anos penosos, mas na segunda-feira consegue-se alcançar o fruto de um trabalho de quatro anos”, sublinhou o vereador da Cultura da Câmara de Leiria, salientando que o castelo “foi o palco da mudança cultural” da cidade.

A requalificação do castelo medieval, que em 2018 recebeu mais de 70 mil visitantes, “é a pérola da reabilitação urbana” que o município está a realizar em Leiria, acrescentou.

Segundo Gonçalo Lopes, durante o período de obras, o castelo “não pode morrer na sua atividade”, pelo que estão programadas visitas guiadas à torre de menagem, Paços Novos e à exposição “Castelo de Leiria – Construção de um Lugar”.

De acordo com o autarca, serão ainda comemoradas no local quatro efemérides: as Jornadas Europeias Património, em 28 de setembro deste ano, o Dia dos Castelos, em 07 de outubro, também em 2019, e o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, em 18 de abril de 2020.

AMV // SR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS