Qatar promete fornecimento de energia para aliviar efeitos da guerra

O emir do Qatar garantiu hoje o “fluxo contínuo” de fornecimento de energia para aliviar o impacto da guerra na Ucrânia, perante o Presidente dos Estados Unidos.

Qatar promete fornecimento de energia para aliviar efeitos da guerra

Qatar promete fornecimento de energia para aliviar efeitos da guerra

O emir do Qatar garantiu hoje o “fluxo contínuo” de fornecimento de energia para aliviar o impacto da guerra na Ucrânia, perante o Presidente dos Estados Unidos.

O emir do Qatar prometeu hoje perante o Presidente dos Estados Unidos e outros líderes árabes trabalhar para garantir o “fluxo contínuo” de fornecimento de energia para aliviar o impacto da guerra na Ucrânia sobre a economia mundial. “O Qatar, em solidariedade com as vítimas e em apoio aos esforços políticos para acabar com essa guerra, não vai poupar esforços para trabalhar com os seus parceiros na região e no mundo para garantir o fluxo contínuo de fornecimento de energia”, disse Tamim bin Hamad Al Thani.

O líder qatari discursava na cimeira do Conselho de Cooperação do Golfo (GCC)+3, na cidade saudita de Jeddah, onde se encontra Joe Biden para uma visita destinada a reparar a relação com o príncipe herdeiro Mohamed bin Salman e conseguir apoio saudita para baixar os preços do petróleo. Al Thani afirmou também que “as guerras em várias regiões afetam todo o mundo” e enfatizou que “a guerra na Ucrânia tem vítimas diretas e indiretas”.

“Esta guerra contribuiu para aprofundar uma crise económica que levará a catástrofes humanitárias, principalmente nos países em desenvolvimento que importam alimentos e petróleo”, acrescentou. O Qatar não é membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), mas é um dos principais exportadores de gás natural liquefeito (GNL) do mundo e afirma que está a desenvolver a sua capacidade de produção para passar de 77 milhões para 110 milhões de toneladas por ano até 2026.

Impala Instagram


RELACIONADOS