Putin diz a Erdogan estar aberto a colaborar na circulação de mercadorias no mar Negro

A Rússia está disposta a colaborar com a Turquia para a livre circulação de mercadorias no mar Negro, declarou hoje o Presidente russo Vladimir Putin durante um contacto com o seu homólogo turco Recep Tayyip Erdogan.

Putin diz a Erdogan estar aberto a colaborar na circulação de mercadorias no mar Negro

Putin diz a Erdogan estar aberto a colaborar na circulação de mercadorias no mar Negro

A Rússia está disposta a colaborar com a Turquia para a livre circulação de mercadorias no mar Negro, declarou hoje o Presidente russo Vladimir Putin durante um contacto com o seu homólogo turco Recep Tayyip Erdogan.

No decurso da conversa telefónica, Putin “sublinhou que a parte russa está disposta a facilitar o trânsito marítimo de mercadorias sem entraves, em coordenação com os parceiros turcos. Isso também se aplica à exportação de cereais provenientes de portos ucranianos”, indicou o Kremlin em comunicado.

A circulação marítima no mar Negro está perturbada desde o início da invasão russa da Ucrânia no final de fevereiro.

A exportação de cereais ucranianos tem sido fortemente afetada, contribuindo para o agravamento da insegurança alimentar mundial. A Ucrânia e os países ocidentais acusam Moscovo de bloquear os portos ucranianos do mar Negro, o que os responsáveis russos refutam.

Nestas condições, a Ucrânia, um dos maiores produtores mundiais de produtos agrícolas, iniciou em maio a exportação de cereais a partir da vizinha Roménia.

As forças ucranianas também minaram as águas próximas dos seus portos para impedir uma eventual tentativa de aproximação russa pelo mar. Algumas minas marítimas já foram detetadas em águas turcas.

A Rússia indicou por sua vez que pode ajudar a ultrapassar as inquietações sobre uma crise alimentar, em troca do levantamento das sanções aplicadas desde a sua ofensiva da Ucrânia.

Durante o contacto com Erdogan, e segundo o Kremlin, Putin também reafirmou que a Rússia poderá “exportar importantes quantidades de fertilizantes e produtos agrícolas, caso sejam anuladas as sanções antirrussas”.

PCR // PDF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS