Putin decreta que russos com segunda cidadania podem cumprir serviço militar

Os cidadãos russos com outra nacionalidade ou autorização de residência no estrangeiro poderão cumprir serviço militar obrigatório, de acordo com um decreto assinado hoje pelo Presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Putin decreta que russos com segunda cidadania podem cumprir serviço militar

Putin decreta que russos com segunda cidadania podem cumprir serviço militar

Os cidadãos russos com outra nacionalidade ou autorização de residência no estrangeiro poderão cumprir serviço militar obrigatório, de acordo com um decreto assinado hoje pelo Presidente da Rússia, Vladimir Putin.

O documento contém emendas à regulação sobre o procedimento do serviço militar, informou a agência noticiosa oficial TASS.

Até ao momento, apenas as pessoas com cidadania russa podiam ser integradas no serviço militar obrigatório de um ano e dirigido aos homens entre os 18 e os 27 anos.

Os estrangeiros apenas podiam cumprir esta formação militar sob contrato e nas fileiras de soldados, marinheiros, sargentos ou oficiais subalternos.

O decreto hoje assinado por Putin estabelece que o serviço militar obrigatório será efetuado por “soldados, marinheiros, sargentos, oficiais subalternos que são cidadãos da Federação russa, incluindo os que possuam nacionalidade de um Estado estrangeiro ou uma residência, autorização ou outro documento que confirme o direito da residência permanente no estrangeiro”.

PCR // APN

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS